No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Brasil?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

Ruínas em Brasil

Abadias em Brasil Aeroportos em Brasil Aldeias em Brasil Áreas de Lazer em Brasil Baías em Brasil Bairros em Brasil Balneários em Brasil Bares em Brasil Bodegas em Brasil Bosques em Brasil Caminhadas em Brasil Campos de Futebol em Brasil Campos de Golf em Brasil Castelos em Brasil Cataratas em Brasil Catedrais em Brasil Cavernas em Brasil Cemitérios em Brasil Centros Comerciais em Brasil Centros de Estética em Brasil Centros de Salud em Brasil Cidades em Brasil Cinemas em Brasil Circuito Ciclismo em Brasil Clube desportivo crianças em Brasil Comissarias em Brasil Concertos em Brasil De interesse cultural em Brasil De interesse desportivo em Brasil De interesse turístico em Brasil Discotecas em Brasil Enseadas em Brasil Equestre em Brasil Escalada em Brasil Espectáculos em Brasil Estações de Autocarros em Brasil Estações de Comboio em Brasil Estádios em Brasil Estátuas em Brasil Estradas em Brasil Exposições em Brasil Falésias em Brasil Feiras em Brasil Festas em Brasil Fortalezas em Brasil Ginásios em Brasil Hospitais em Brasil Igrejas em Brasil Ilhas em Brasil Informação Turística em Brasil Jardins em Brasil Kite Surf em Brasil Lagoas em Brasil Lagos em Brasil Lojas em Brasil Mercados em Brasil Mesquitas em Brasil Miradores em Brasil Montanhas em Brasil Monumentos Históricos em Brasil Municípios em Brasil Museus em Brasil Palácios em Brasil Pântanos em Brasil Pára-quedismo em Brasil Parques Aquáticos em Brasil Parques Temáticos em Brasil Parques de Diversão em Brasil Pátios em Brasil Polidesportivos em Brasil Pontes em Brasil Portos em Brasil Praças em Brasil Praias em Brasil Pueblos de vacaciones em Brasil Rafting em Brasil Reservas Naturais em Brasil Rios em Brasil Ruas em Brasil Ruínas em Brasil Salas de Concertos em Brasil Selva em Brasil Sítios insólitos em Brasil Skate em Brasil Spa em Brasil Surf em Brasil Teatros em Brasil Templos em Brasil Universidades em Brasil Vales em Brasil Zonas de Compras em Brasil Zonas para sair em Brasil Zoos em Brasil

41 ruínas em Brasil

Ruínas en Cabo Frio
Ponte sobre o Rio São João
(3)
Lugar mais lindo da cidade, tanto de manhã quanto no fim da tarde quando se pode ver o pôr do sol caindo atrás do Rio São João.
Ruínas en Ilha Grande
Ruínas do Lazareto
Um passeio próximo a Vila de Abraão é as Ruínas do Lazareto. Ainda dá para curtir a Praia Preta. O Lazareto da Praia Preta, construído em 1886. Foi nele que ficaram em quarentena os vários viajantes e imigrantes recém chegados de países que tinham epidemias de cólera. Depois de alguns anos foi desativado e acabou virando uma prisão. Com a construção do Presídio de Dois Rios, os presos foram transferidos e o Lazareto, num ataque de fúria do então governador Carlos Lacerda, foi demolido com tiros de canhão, restando hoje apenas as ruínas da parte subterrânea.
Ruínas en Ubatuba
Ruínas da Lagoinha
Um lugar maravilhoso para se visitar e voltar ao passado!
Ruínas en Alcântara
Pelourinho de Alcântara
Viajar para Alcântara é ter a certeza de que você tomará um banho de história. A cidade serviu de base para os portugueses na expulsão dos holandeses em São Luís e foi uma das principais exportadoras de algodão do país, durante a Guerra de Secessão. No tour que fiz pela cidade, conheci a Praça da Matriz, onde abriga os seguintes lugares: Igreja de São Marcos, Pelourinho, Casa histórica de Alcântara, Museu histórico e Prefeitura. Ao andar pela cidade é possível avistar várias ruínas. Conhecemoss a Igreja dos Sinos e na volta passamos pela venda do Sr João para experimentar o Doce de Espécie. Nosso dia acabou na Igreja de Nossa Senhora do Carmo e nas ruínas ao lado da igreja. É possível fazer passeios para ilhas, ver a revoada dos guarás e fazer um trekking de cinco dias peas comunidades. Vá com tempo para curtir o lugar. Alcântara é muito mais que um bate e volta saindo de São Luís, é um destino que merece no mínimo três dias para explorar o básico das belezas da região.
Ruínas en Belém
Ruínas do Murutucu
(1)
O Engenho de Murucutu, um dos mais importantes Engenhos da Amazônia, tem sua história conhecida desde 1711, embora se admita que venha desde 1610. Foi abandonado e desativado por volta de 1850. O que restou, foram as ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, construída em 1711 pelos Padres Carmelitas. Foi Tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1981. O Engenho foi residência do famoso Arquiteto Antonio José Landi, responsável por inúmeros trabalhos históricos em Belém, e foi sede de tropas, durante o Movimento da Cabanagem de 1835 a 1840. As ruínas ficam localizadas na entrada da CEASA. Traços das culturas indígenas e africanas são observadas nestas. É emocionante ver o espaço destinado as imagens, com o recuo nas paredes da capela. Pela sua beleza, e importância arqueológica, faze parte dos roteiros turísticos paraenses.
Ruínas en Belém
Ruínas da Penitenciária da Ilha de Cotijuba
(1)
Boa viagem
Ruínas en Lucena
Ruínas da Igreja de Bom Sucesso
(1)
As ruínas da Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso, com fundação nos tempos da colonização, século XVI, esta localizada no meio de uma reserva de Mata Atlântica no Litoral Norte da Paraíba, no Município de Lucena, próximo ao Rio Miriri, local de encontro com o mar, na Praia Bonsucesso que é uma extensão da Praia de Lucena. De estilo barroco foi construída em alvenaria de pedra calcária e de arenito datando 1789 a sua construção. Restando poucos detalhes do estilo o que se observa hoje são as ruínas propriamente ditas , que ainda se mantém de pé pelas grossas paredes, que são sustentadas pelo caule e raízes da árvore de uma Gameleira (árvore de grande porte da família das figueiras) que se caracteriza por germinar sobre ruínas, em fendas de pedras ou sobre outras árvores e cujo caule, quando jovem, se desenvolve como um cipó. Na parte interna, podemos ver parte do piso e as pedras do altar, em uma área interna vazia sem portas e telhado. Apenas as ruínas de um patrimônio abraçado a natureza. A melhor maneira de se chegar a Igreja é contratando um dos bugueiros registrados da cidade de João Pessoa, já, que a trilha que leva ao local não é de fácil acesso.
Ruínas en Irituia
Ruínas do Colégio das Freiras
Conhecido pelo povo irituiense como Colégio das Freiras, o histórico e belo prédio do Instituto Nossa Senhora da Piedade, que serviu para a formação de grandes nomes da cidade, hoje se encontra em ruínas, no entanto, não deixa de ser uma das mais importantes atrações turísticas, pela sua importância histórica, e sua imponente arquitetura. Um grupo de pessoas ligadas a educação tentam conseguir recursos para a recuperação do prédio. Na parte de trás, tem um bosque com árvores típicas da região, como a berajubeira, carnaúba, andirobeiro e muitas outras. Entre as árvores, o pátio com seus bancos. Da sacada se observa o caminho de terra até o portão de entrada. Em volta, ruas arborizadas convidam a sentar nas batentes das calçadas. É um cenário que a simplicidade expõem sua beleza.
Ruínas en São Paulo
Ruínas da Capela de Santo Ignácio de Loyola
Localizada entre a intensa e bela vegetação do Parque Burle Marx, em São Paulo, existem os restos uma pequena "casa", totalmente cercada de grades, que segundo o Historiador Carlos Fatorelli, trata-se das Ruínas da Capela de Santo Ignácio de Loyola. Provavelmente, as grades que envolvem as ruínas, colocadas pela direção do parque, tenham a finalidade de segurança para os visitantes. Pouco se sabe sobre a origem desta capela, que deve ter ocorrido por volta do século XVIII, portanto, muitos anos antes do local ser a sede do parque. Suas paredes são grossas, típicas das construções da época, quando se usava a técnica de taípa de pilão, usando materiais e procedimentos que antecederam as alvenaria. É uma outra atração que deve ser visitada durante um passeio entre as pequenas pistas ladeadas por flores e muito verde de belíssimo parque, que fica no Morumbi.
Ruínas en Mendes
Mendes -RJ
(5)
Mendes, é uma pequena cidade situada na serra no Sul fluminense do estado, como bioma a mata atlantica,com uma população aproximada de 17.000 mil habitante, foi emancipada em 1952, fica localizada a aproximadamente 100 km, da cidade do Rio de Janeiro, a menos de 1 km, após o primeiro pedagio da via Dutra sentido São Paulo, tem uma placa de sinalização de entrada, Mendes fica a 30 km após a subida da serra. O clima é ameno e agradavel, fazendo jus a cidade do interior, aos domingos tem o famoso chorinho na praça, onde as pessoas se reunem para escutar uma boa musica, rever os amigos,conversar e tomar aquela cervejinha gelada do bar do Cristiano ,acompanhado de um torresminho ou uma porção de bolinho de bacalhau ,da barraca armada somente aos domingos. Passagem de Nivel,é o conjunto que enche a praça de musica. Um antigo seminario de padres, hoje é o hotel Paineras ou Marista, para quem gosta de paz não tem nada melhor, fica a 5km do centro, outra dica importante é o restaurante do Alexandre " Aki Que Nóis Fica" uma comida mineira feita no fugão a lenha, temos uma pequena igreja, a antiga catedral e a poucos metros acima a antiga estação ferroviaria, infelizmente não transporta mais passageiros.
Ruínas en Alcântara
Rua da Amargura
Antes chamada de Bela Vista, a Rua da Amargura era o local de residência dos mais endinheirados da cidade. E de onde vem a Amargura? Há 2 teorias, a primeira que por esta rua passavam os escravos que iam ser castigados no Pelourinho. A outra, que era aqui que as mães se despediam de seus filhos que iam estudar em Lisboa. Ambas tristes! O lugar rende umas fotos ótimas, mas é melhor andar por aqui em grupo por se tratar de um lugar realmente abandonado e solitário.
Ruínas en Alcântara
Ruínas do Palácio do Imperador
Essas ruínas representam a rivalidade da aristocracia do século 19 em Alcântara, no Maranhão. Quando foi anunciada a passagem de Dom Pedro II por Alcântara, duas famílias de barões travaram uma verdadeira briga para decidir quem seria o anfitrião do imperador. Ambos deram início à construção de um palacete para recebê-lo. O desfecho da história foi a morte de um dos aristocratas e o cancelamento da vinda de Dom Pedro para cá. As construções viraram ruínas de palacetes que jamais foram finalizados.
Ruínas en Alcântara
Palácio do Barão de Pindaré
Este palacete foi mandado construir pelo Barão do Pindaré, Felipe Franco Sá, no século XIX, com motivo da visita do imperador D. Pedro II à cidade de Alcântara. Seu palácio rivalizou com o do Barão de Mearim por acolher o imperador durante esta viagem, mas a disputa terminou em tragédia e a visita acabou suspensa. Hoje, é possível imaginar através destas ruínas o esplendor da cidade em aquela época.
Ruínas en Itaparica
Ruínas da Igreja Nossa Senhora da Conceição
Localizada na praia da Conceição, perto do famoso Clube Med, está a igreja de Nossa Senhora da Conceição, da construção resta apenas a fachada, está sem telhado. A igreja data do século XVIII, a inscrição ainda consta na fachada da igreja. Uma pena que um monumento de tamanha importância não seja tão preservado, quando visitei a igreja, na lateral constavam algumas pichações, mas mesmo assim, gostei bastante da construção e do valor histórico que ela representa.
Ruínas en Rio Grande
Navio Altair
Para quem vive mais ao sul do estado do Rio Grande do Sul, mais precisamente em Rio Grande, na localidade da praia do Cassino que é considerada a maior praia do mundo em extensão, grande parte das pessoas locais sabem ou tem conhecimento da história do navio Altair. Para você entender, a praia do Cassino começa na divisa com o centro histórico de Rio Grande, onde começa os moles, que é a entrada de navios vindos do mar. Ali começa a praia propriamente dita e à uma distância de doze quilômetros dali está o que resta do navio Altair. Para chegar lá, dá para ir de carro pela praia do Cassino, escolher alguma rua que dê acesso à areia da praia, isso mesmo, pela areia da praia e seguir ao sul até chegar nele. Os cuidados que devem ser tomados são dois: não andar muito próximo de onde as ondas estão terminando pois ali a areia está mais fofa e o carro pode atolar e, o outro cuidado são com os pequenos córregos que vêm de dentro para fora desembocando no mar. Muitas córregos são oriundos de pequenos lagos e podem dar um solavanco no carro. Não há placas indicativas até chegar nele pois ainda está bem visível nas margens da praia, apesar do seu estado de ferrugem e que aos poucos está se enterrando. É possível “entrar” nele pois como falei, está quase todo enterrado. A história diz que ele encalhou ali depois de uma forte tempestade em 1976 num inverno rigoroso.
Ruínas en Florianopolis
Sobrado Dona Loquinha
O Sobrado Dona Loquinha é um casarão antigo, feita por escravos em 1780, sendo uma das primeiras casas construídas na Ilha. Essa casa fica no meio do trajeto da trilha da Costa da Lagoa. Ou seja, pra chegar lá tem que fazer a trilha, ou pegar um dos barcos que saem da lagoa e descer próximo ao ponto em que ela está. Mas a trilha é tranquilha e a vista que se tem do sobrado para o mar é maravilhosa. O Sobrado é patrimônio mas aparentemente está meio abandonado e no dia em que passei lá a casa estava fechada. Para conhecer mais lugares acesse o Blog: www.aquelelugar.com.br
Ruínas en Salvaterra
Ruínas da Igreja Nossa Senhora do Rosário
As ruínas da Igreja Nossa Senhora do Rosário, construída em 1716, marcam a passagem da Missão dos Jesuítas no distrito de Joanes, em Salvaterra, Ilha do Marajó. A igreja foi construída para a catequese dos índios da região, e hoje, suas ruínas fazem parte do Projeto de Educação Continuada "Joanes, Conta sua História ". A igreja possuia 3 altares: Nossa Senhora do Rosário, Jesus Crucificado e Santo Antonio. Ao lado das ruínas, foi construída na década de 40, uma nova igreja, também em homenagem a Nossa Senhora do Rosário. Este complexo cultural, fica localizado em frente ao rio grande de Joanes, baia do Marajó, com sua água algumas vezes mais doce, outras um pouquinho salgada, devido a influência do oceano ali perto. Árvores e um grande descampado completam a paisagem e a pequena volta ao passado de Joanes.
Ruínas en Antonina
Ruínas do Casarão dos Macedo
As ruínas do Armazém do Macedo são o que sobraram de uma antiga fábrica de erva-mate que esteve ali 300 anos atrás, resultado de um áureo período econômico de Antonina e de uma arquitetura típica da era do Brasil-Colônia que valorizava as características da arquitetura portuguesa, grande referência na época. O armazém, hoje ruínas, tem paredes altas, de tijolinhos de barro, com lindos arcos arredondados, com vista para o mar e dizem os registros que os pisos eram de madeira. Imagino como deveria ser bom trabalhar ali com aquela vista. Hoje, como muitos outros patrimônios históricos o armazém não foi conservado ao longo dos anos, totalmente abandonado, com mato em todo o chão e com pichações nas paredes, o que resta são memórias e uma linda vista rendendo belíssimas fotos. As ruínas tem vista para a baía de Antonina, um mar calmo e as montanhas da serra do mar ao fundo. Uma informação extra, segundo o jornal Correio do Litoral o Iphan assinou concessão ao município para a restauração do Armazém que deve começar no segundo semestre deste ano de 2015. Apesar da conservação, as ruínas tem um certo charme, um ar de antigo em meio a uma paisagem deslumbrante.
Atividades em Brasil
Civitatis
R$ 128,92
Civitatis
R$ 113,09