No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Paço de Arcos?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Paço de Arcos

24 colaboradores

12 lugares que ver em Paço de Arcos

Jardins en Paço de Arcos
Jardim Municipal
Situado junto à estrada Marginal, com vista para a praia velha e para o "geyser", o Jardim Municipal de Paço de Arcos é um toque de verde e de frescura no centro da vila. Frequentado por gente de todas as idade graças ao parque infantil, ao Centro de Dia e ao recinto desportivo, o jardim anima-se no final de Agosto com as festas de dedicadas ao Senhor Jesus dos Navegantes. Ao terceiro domingo de cada mês acolhe uma feira de antiguidades e velharias que atrai compradores e curiosos.
Monumentos Históricos en Paço de Arcos
Chafariz
(1)
No centro da vila, perto da Ermida de Nosso Senhor dos Navegantes, encontramos um pequeno chafariz do século 19, de paredes revestidas de azulejos da época. A restauração feita recentemente deu-lhe vida ao reconstruir os bancos onde antigamente quem ali vinha para encher as bilhas se sentava para dois dedos de conversa.
Igrejas en Paço de Arcos
Ermida do Senhor Jesus dos Navegantes
Desconhece-se a data da construção da ermida e sabe-se apenas que foi anterior a 1698. É dedicada ao Senhor Jesus dos Navegantes, protector de pescadores e marinheiros. Pertenceu ao Hospital de S. Jose, de Lisboa, e tinha agregado um lactário para apoio ás crianças de famílias cadenciadas. Encerrada ao culto após a construção da nova igreja, a capela abre as portas anualmente, por altura das festas de verão, para ver sair a procissão em honra do Senhor Jesus dos Navegantes, o seu patrono.
Palácios en Paço de Arcos
Palácio dos Arcos
(1)
Foi residência de nobres nos séculos 15 a 18 e nele se hospedava o rei D. Manuel I para assistir à partida ou chegada das naus. A sua importância era tal que deu à vila o seu nome: Paço de Arcos. Do palácio inicial pouco sobrou depois de uma restauração feita na época pombalina mas a fachada, com os dois torreões e a varanda com arcos, ainda hoje são o ex-libris da vila.
Jardins en Paço de Arcos
Jardim do Palácio dos Arcos
Os jardins do Palácio dos Arcos foram uma pequena coutada onde fidalgos e mesmo reis exercitavam os seus dotes de caça. Embora actualmente as dimensões sejam bastante reduzidas relativamente às originais, a recente recuperação e abertura ao publico transformou-o num cantinho de frescura e sossego com uma privilegiada vista sobre o rio Tejo.
De interesse cultural en Paço de Arcos
Forno da Cal
(1)
Existem pelo menos desde 1582 e revelam a importância que as pedreiras da região tinham na produção de cal destinada à construção dos muitos fortes da barra do Tejo e, depois do terramoto de 1755, à reconstrução de Lisboa. Do conjunto fazem parte cinco fornos circulares de paredes de pedra com três metros de espessura não só para garantir a rigidez da estrutura como para suportar as elevadas temperaturas atingidas pelo o processo de transformação do calcário em cal.
Estátuas en Paço de Arcos
Estátua do Patrão Lopes
"Ganhou (que as traz ao peito) hábitos e medalhas…" Foi o poeta Tomás Ribeiro quem escreveu os versos que se estão na base da estátua que se encontra na extremidade poente do Jardim Municipal de Paço de Arcos. É dedicada ao Patrão Joaquim Lopes, figura que se notabilizou na vila pela sua ligação ao mar, pela sua coragem e pelos inúmeros salvamentos de embarcações e marinheiros.
Monumentos Históricos en Paço de Arcos
Monumento ao Inglês Morto
Debruçado sobre a praia de Paço de Arcos o monumento que os locais conhecem por "Inglês Morto", passa quase desapercebido tanto de quem frequenta o areal como dos que percorrem a estrada marginal de carro. É dedicado a Conway Shiply, um jovem oficial britânico que perdeu a vida no Tejo, numa batalha entre as armadas francesas e inglesas, em 1808.
Jardins en Paço de Arcos
Jardim da Praceta
Gente não falta a este pequeno jardim situado bem no coração histórico da vila, em frente ao Mercado Municipal. Aos sábados e domingos, bem como nos restantes dias da semana, muitos são os que o procuram para uns momentos de conversa entre amigos ou para brincarem no parque infantil. No centro uma estátua homenageia os hoquistas campeões do mundo, Emídio Pinto, Correia dos Santos e Jesus Correia, que tantas honras trouxeram à vila.
Monumentos Históricos en Paço de Arcos
Monumento a José de Castro
(1)
É da autoria do escultor Joaquim Correia o monumento que se encontra na frondosa Praça 5 de Outubro e recorda a memória do actor José de Castro. Nascido em Paço de Arcos, José de Castro, aliás José Manuel Pinhanços, foi figura grada do teatro nacional conquistando diversos prémios importantes.
Monumentos Históricos en Paço de Arcos
Chafariz Velho
(1)
Junto à Avenida Marginal encontramos o Chafariz Velho, um ex-líbris da vila de Paço de Arcos. Foi construído em 1755, sob o governo do Marquês de Pombal mas os azulejos que o embelezam, da Fábrica de Sant'Anna, são bem mais recentes, datando dos anos 50 do século passado, e prestam uma homenagem aos descobrimentos portugueses.
De interesse turístico en Paço de Arcos
Forte da Giribita
Situado na margem direita do Rio Tejo o forte, também conhecido por Forte de Nossa Senhora de Porto Salvo, fazia parte de um conjunto de fortificações construídas no século 17 para garantir a defesa da entrada de Lisboa. Actualmente pertence à Marinha de Guerra Portuguesa.
Os mais reservados
Civitatis
(94)
R$ 149,60
Civitatis
(48)
R$ 337,66
Civitatis
(71)
R$ 94,03
Civitatis
(8)
R$ 316,29
Civitatis
R$ 81,21
Economiza