No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Oshikoto?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Oshikoto

28 colaboradores
Destinos mais populares

13 lugares que ver em Oshikoto

Safari en Etosha National Park
Etosha National Park
(16)
Localizado a 500 kms ao norte de Windhoek, capital da Namíbia, o parque não tem nada a invejar aos famosos Serengeti, Masai Mara ou Kruger. Mantendo intactas as cores e a paisagem da savana africana, Etosha permite disfrutar o melhor que o continente tem para oferecer: A vista da fauna e da flora, de forma pessoal, íntima e próxima. Através dos seus três centros de hospedagem Okaukuejo, Halali e Namutoni, o acesso a uma rede de alojamento que engloba desde a mais básica (campo) para opções de quartos com casa de banho privada e ar condicionado. A localização destes centros, estrategicamente a 75 kms uns dos outros, permitem-lhe a vasta região que abrange o parque (22,000 km2) e tem mais e melhores oportunidades para enfrentar o mais esquivo dos mamíferos: o leopardo. Já que os safaris são programados para a manhã e final de tarde, está praticamente garantido encontrar os "5 grandes" (elefantes, rinocerontes, leões, leopardos e búfalos): No período da manhã, os passeios através dos diferentes terrenos são acompanhados pela presença quase constante de girafas, Ñus, Impalas, zebras, oryx e um incontável número de aves. Quando o sol queima, é bom estar no hotel. As piscinas, muito embora contendo cloro, devido à escassez de água, são um oásis de calma no verão. Os passeios na parte da tarde, no entanto, renovam a eperança e permitir a oportunidade de encontrar os "favoritos" de todos: leões, leopardos, guepardos na sua rotina diária em busca de alimento. Os safaris são apenas parte da atractividade do local. Etosha convida o aventureiro a passar a noite nos bebedouros naturais no outro lado da vedação em torno de cada alojamento. Com sítios para sentar ou simplesmente um grande muro de pedras onde apoiar-se, a grande luz de projectores que iluminam a poças permite ver de muito perto a vida selvagem que se aproxima para beber. Um ritual silencioso, onde os sons emitidos pelos animais, e cautelosos movimentos entre espécies que se cruzam na cadeia alimentar, mas juntos na necessidade de beber, convida a reflectir sobre a coexistência. Etosha tem grandes salinas, uma das mais ricas paisagens da região. Extensas áreas brancas sem vegetação e onde se podem ver manadas de elefantes, girafas, impalas, Ñus e aves da Guiné. Às vezes, seguidos por um Leão, ao longe, distante, quase indiferente.
Lagos en Etosha National Park
Okaukuejo Waterhole
(2)
O grande atrativo do Etosha National Park são o que eles chamam de "waterholes", que são como pequenos poços d'água perenes ou não, naturais ou construídos pelo homem. Nesses pontos d'água os animais vêm matar a sede, principalmente no inverno que é a estação seca na Namibia, e os "waterholes" são realmente os únicos locais que os animais têm para beber. O Parque tem dezenas de "waterholes", mas esse de Okaukuejo é especial, pois ele fica ao lado Okaukuejo Resort. Esse hotel construiu toda uma infraestrutura para que os visitantes do Parque possam se repousar em torno do "waterhole". Vários bancos foram colocados ao redor do muro que nos separa dos animais selvagens. Tudo o que você tem que fazer é trazer um livro (ou uma cerveja) e esperar para que o seu animal preferido venha matar a sede ali. Durante a noite há holofotes que iluminam o "waterhole", para que o espetáculo esteja a nossa disposição 24h do dia! Qualquer pessoa pode acessar o local, mesmo se não for hóspede do Okaukuejo Resort, e não é necessário pagar nenhum extra por isto.
Fortalezas en Etosha National Park
Forte Namutoni
(1)
Dentro da propriedade do Namutoni Resort existe um antigo Forte que foi inicialmente construído pelos alemães no final do século XIX para combater a peste de febre aftosa que havia dizimado o gado dos alemães anteriormente. Depois que a doença foi erradicada o Forte serviu de posto de controle para evitar o contrabando de armas, munição e todo tipo de troca de mercadoria com o povo do norte da Namíbia (Ovambos). No entanto, o Forte original foi destruído pelos guerreiros do Chefe Nehale's e a construção que vemos hoje, com as quatro torres de observação, foi na verdade reconstruída em 1905 pelo Lieutenant Adolf Fischer e serviu de posto policial para os alemães até o momento de sua ocupação pelo exército sul africano durante a 1° Guerra Mundial. O Forte pode ser visitado gratuitamente (acesso para pedestres apenas) e conta com uma boutique de souvenires, toiletes e um mirante que pode ser acessado em uma de suas quatro torres.
De interesse turístico en Etosha National Park
Etosha Pan Lookout
(1)
Em pleno verão namibiano, calor de 37° Celsius e um sol de torrar a careca de qualquer pessoa. Foi nessas condições que decidimos desviar nossa rota dentro do Etosha National Park para ver o "Etosha Lookout" mostrado nas placas do interior do Parque. Eu confesso que toda vez que vou à Etosha não quero perder tempo com nada, a não ser procurar os animais na savana. Mas da última vez estava acompanhado por amigos que fizeram questão de ir ver o tão famoso mirante sobre o "Pan" de Etosha. E que descoberta excelente! A cerca de 23 km ao nordeste de Halali, uma pequena estrada te leva para dentro do "Pan". Que é como um deserto de sal que vira um pântano durante as estações chuvosas, mas que durante a maioria do tempo é simplesmente essa vasta área branca sem vegetação. Etosha significa "The Great White Place", e quando você está ali diante dessa terra branca à perder de vista, você compreende o porquê.
Miradores en Etosha National Park
Mirante de Namutoni
(2)
Depois de visitar a boutique de souvenires do Forte de Namutoni, descobrimos por acaso que é possível subir em uma das quatro torres do Forte para ter uma vista de 360° da região. Nenhum dos funcionários na recepção ou na loja nos havia dito que podia-se ir no alto da torre, e todas as escadas que sobem nos muros do Forte pareciam interditadas. No entanto, foi quando fomos ao banheiro do Forte que descobrimos que a porta ao lado leva até o topo da construção. Lá de cima é possível ver o solo branco do "Etosha Pan" que se espande até o horizonte, a estrutura do pátio interior do Forte de Namutoni e, principalmente, dá pra ver os grupos de animais que se aproximam do "waterhole" para beber água. Além da bonita vista do pôr do sol...
De interesse turístico en Tsumeb
Lagos en Etosha National Park
Moringa Waterhole
(2)
O grande atrativo do Etosha National Park são o que eles chamam de "waterholes", que são como pequenos poços d'água perenes ou não, naturais ou construídos pelo homem. Nesses pontos d'água os animais vêm matar a sede, principalmente no inverno que é a estação seca na Namibia, e os "waterholes" são realmente os únicos locais que os animais têm para beber. Outro "waterhole", como o de Okaukuejo, com uma boa infraestrutura para se pousar e esperar os animais é o "Moringa Waterhole". Este aqui fica ao lado do Halali Resort, entre Okaukuejo e Namutoni. Também tem bancos na sombra e holofotes que iluminam o "waterhole" durante a noite toda. Aparentemente este é um dos melhores locais para se ver leopardos no Parque de Etosha. O "Moringa Waterhole" pode ser acessado por todos os visitantes de Etosha, mesmo se não forem dormir em Halali. E não é preciso pagar taxa extra para isto.
Desertos en Etosha National Park
Etosha Pan
(1)
O Etosha Pan é um verdadeiro deserto de sal situado que cobre cerca de 4800 km² no centro do Etosha National Park. Extremamente seco durante o inverno, ele pode se transformar num grande lago durante a estação das chuvas, um verdadeiro paraíso de flamingos de dezembro à março. No entanto, a rigorosa seca que o país tem enfrentado há alguns anos faz com que seja cada vez mais raro que o "Pan" seja preenchido d'água. Há dois "lookouts" dentro do Parque de Etosha por onde se pode penetrar um pouco nesse deserto. Um deles fica perto do Okaukuejo Resort, o outro fica ao norte de Halali, é este aqui: http://www.minube.com.br/sitio-preferido/etosha-pan-lookout-a3663906 Outras formas de se ver o "Pan" sem penetrá-lo é percorrendo a pista de Okaukuejo à Namutoni onde se pode parar em diversos "waterholes" que beiram o "Pan". No norte de Okaukuejo o Okondeka e Wolfsnes "waterholes" também tem vista sobre o "Etosha Pan". Na região de Namutoni, basta pegar a estrada principal em direção ao norte do Parque para atravessar uma pequena porção do "Pan", ou fazer a volta pelo "Twee Palms Waterhole". Por ali eu tive a sorte imensa de ver 3 guepardos à apenas uns 2 metros do carro, na beira do "Pan" espiando zebras e springboks pela manhã. Não sei se eles as caçaram ou não, mas eles pareciam bem interessados em comer algo no café-da-manhã.
Safari en Etosha National Park
Safári noturno em Okaukuejo
Como todos que visitam o Etosha National Park devem saber, é proibido circular de carro na reserva durante a noite. Porém, é possível agendar um safári noturno na recepção do Okaukuejo Rest Camp para sair à procura dos animais noturnos do Parque. Como todo safári, nunca se sabe o que você verá, e se verá algo. Circulamos por cerca de 1 hora sem ver nada de extraordinário, apenas alguns antílopes e zebras. Mas não é para isso que se faz um safári à noite, não é?! Estávamos à procura de animais de hábito noturno como porco-espinhos, aardvarks, aardwolves, hienas, leopardos e leões. Depois de mais de 2 horas chegamos a um poço d'água e, para a surpresa e alegria de todos, um grupo de mais de 10 leões estava por ali. O guia iluminou as feras para podermos vê-los melhor. Eles usam um holofote de luz vermelha, para não danificar a visão dos animais. Um pouco mais distante desse grande grupo, presenciamos uma cena de amor inusitada entre um casal de leões. Tudo isso fez com que a visita valesse à pena. Para fazer o safári, um guia espera os visitantes num caminhão especifico que sai por volta das 20 horas em frente à recepção do Rest Camp. O carro é totalmente aberto por isto venha de calça e traga casaco, pode fazer muito frio! O safári noturno custa cerca de 500 dólares Namibianos por pessoa.
De interesse turístico en Etosha National Park
Artesanato de Etosha - Von Lindequist Gate
Chegando em Etosha National Park pelo portão situado em seu lado leste (Von Lindequist Gate), tivemos uma interessante surpresa. Logo depois da recepção do Parque, colado à sua entrada, alguns vendedores de artesanato local expõem varias peças criadas por eles ali mesmo. A grande maioria dos objetos representam aves que provavelmente vocês avistarão durante sua estadia em Etosha como os famosos calaos com seus grandes bicos parecidos com o dos tucanos, as tipicas galinhas da Angola, corujas e outros pássaros menores. Além de alguns mamíferos como girafas e leopardos. O artesanato vendido ali é bastante autêntico e é dificilmente encontrado em outros locais da Namibia. Por isso, se você gostar de alguma peça, não hesite e compre-a ali mesmo para não haver arrependimento mais tarde. Será com certeza uma lembrança bastante original de Etosha e com a certeza de que tudo é fabricado pelos habitantes do local.
Museus en Etosha National Park
Museu Namutoni
Outro ponto interessante dentro da propriedade do Namutoni Resort é o Museu situado perto da recepção do hotel. Claro, ninguém vem para um Parque Nacional para ver um museu, mas se você estiver de passagem pelo local, seja para por gasolina no seu carro ou para ir comer algo no restaurante, a visita do museu pode valer à pena. E a entrada é gratuita! O que achei mais interessante foi a informação sobre o número de animais em certas áreas do Parque. Por exemplo, no inicio do século os elefantes haviam sido totalmente erradicados pela caça na totalidade do Parque de Etosha. Os rinocerontes negros sobreviveram somente nas áreas mais isoladas, e os leões também foram exterminados totalmente na região de Namutoni. Isso faz ver o grande passo que foi dado pela preservação desses animais pelo governo namibiano desde então, e só nos dá mais felicidade de poder ver esses incríveis animais hoje em dia vivendo a vida normalmente, mesmo que dentro dos limites do Parque de Etosha.
Miradores en Etosha National Park
Mirante de Okaukuejo
Próximo à entrada do Okaukuejo Resort, em frente à pequena mercearia, há uma grande torre de pedra que foi construída no ano de 1963. Não consegui descobrir qual era sua função inicial, mas hoje em dia ela é aberta ao público e abriga um incrível mirante que nos dá a vista de 360° da região de Okaukuejo. Dali se pode ver de longe os animais que vêm em direção do "waterhole" situado próximo dos chalés de Okaukuejo para matar a sede. Do lado oposto avista-se a estrada que vai em direção de Halali e Namutoni, uma parte do "Etosha Pan" e uma imensidão de árvores da savana africana. Não é preciso pagar nada para subir na torre. Lembre-se de trazer os seus binóculos e um super zoom para tirar fotos!
Reservas Naturais en Tsumeb
(1)