MINUBE
Continuar no app
Abrir
Aonde você quer ir?
Você curte Alice Springs?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Alice Springs

100 colaboradores
Montanhas en Alice Springs
The Olgas
(2)
Montanhas en Alice Springs
Glen Helen Gorge
Montanhas en Alice Springs
(1)
Montanhas en Alice Springs
Montanhas en Alice Springs
Montanhas en Alice Springs
Montanhas en Alice Springs

40 lugares que ver em Alice Springs

Montanhas en Alice Springs
The Olgas
(2)
Kata Tjuta (que significa "muitas cabeças") é uma formação rochosa da mesma origem que Urulu, outra formação rochosa próxima. Juntas formam um único parque Nacional. Não se trata de um único monolito, mas antes de várias formações de altura similar e de formas arredondadas. À semelhança de Urulu, a sua forma muda consideravelmente à medida que nos vamos aproximando e os caminhos no seu interior são espectaculares. Kata Tjuta encontra-se a 25 km e a estrada que liga ambas é das melhores coisas do parque. O caminho mais longo chama-se Valley of the Winds (Vale dos Ventos)cujos miradouros proporcionam umas vistas espectaculares. O seu nome deve-se às fortes correntes de vento que se formam em determinados momentos do vale.
Reservas Naturais en Alice Springs
Kings Canyon - Watarrka National Park
(2)
A única referência que tenho para descrever Kings Canyon na Austrália é fazer uma comparação com o Grande Canyon do Colorado. Trata-se de uma formação rochosa no deserto e embora não possa competir com o seu equivalente Yankee respeito à sua espectacularidade, é sim um bom lugar para visitar. Para começar, se quisermos chegar até ali é preciso percorrer perto de 400 kms desde o aeroporto mais cercano, em Alice springs. Ao chegarmos até o destino, Kings Canyon é especial pelo seu relativo verdor, em especial se fazermos uma comparação com o resto do deserto. Também ficas surpreendido pela sua altura, já que é uma das poucas zonas altas que há no deserto. Mas o mais admiravel e poder desfrutrar da solidão que podes respirar nesse lugar. Nós tivemos a sorte de viajar fora do periodo das férias e tinhamos o parque inteiro para nós. Poder desfrutar do deserto Australiano assim foi demais.
Reservas Naturais en Alice Springs
Parque Nacional Kata Tjuta
A curta distância do famosíssimo Uluru (Ayers Rock) , Kata Tjuta, também conhecida por Olgas fica, por isso, relegada para segundo plano. É pena, porque o sítio é verdadeiramente excepcional, um impressionante amontoado de rochas que se elevam a mais de 500 metros, sobressaindo no horizonte a muitos quilómetros de distância e esmagando-nos com a sua imponência. Caminho pouco acidentados levam-nos ao coração dos rochedos, por desertos, vales e gargantas que contornam muitas das 36 enormes rochas rosadas a que a luz do sol nascente ou poente acrescenta beleza e mistério.
Cidades en Alice Springs
Daly Waters
A escassos 3 quilómetros da Stuart Highway, a estrada que liga Darwin a Alice Springs, fica a carismática povoação de Daly Waters. O desvio vale a pena pela parafernália que enfeita a única, e curta, rua do povoado. Tudo serve para atrair a atenção: O "semáforo" a velha carripana e a cabine telefónica, o peculiar jogo de bowling. A estrela é o Daly Waters Pub, famoso pela decoração que inclui roupa interior, notas, bandeiras, chapéus, que os passantes por lá deixam.
Estradas en Alice Springs
Stuart Highway - A estrada do Red Center
(1)
Há poucos percursos no mundo que se possam orgulhar de ligar dois extremos de um continente de uma forma contínua, mas um dos mais solitários é certamente esta auto-estrada que liga as cidades de Adelaide com Darwin no Território do Norte. São mais de 2800 km de rectas infinitas que se perdem no horizonte, e a maior parte delas percorrem o interior do país desértico. Como tal, é a principal rota de abastecimento das poucas comunidades que existem no deserto, pelo que é frequente cruzarmo-nos com os chamados "road trains", camiões de alta tonelagem (podem levar até quatro atrelados) que transportam praticamente todas as mercadorias que circulam pela zona. Estes camiões têm prioridade de circulação em relação a qualquer outro veículo nestas vias, e ocupam mais do que a sua própria via, por isso se vires um a vir de frente, é melhor afastares-te com cuidado para um lado (eles não param por ti). Como em quase toda a Austrália, convém não circular à noite, ou então, se não se puder evitar, circular com muito cuidado. Os animais estão particularmente activos com o pôr-do-sol e o mais provável é que acabes por chocar com um canguru, o que acaba por ser tão mau para o animal como para o condutor. Adorei a experiência de poder fazer parte deste percurso, entre Alice Springs e Uluru, e assim poder assimilar como este país/continente está terrivelmente vazio. Esta estrada é uma das mais transitadas de todo o percurso e conta com gasolineiras a distâncias "razoáveis" (uma a cada 300 kms, mais ou menos). Para transitar nas partes mais isoladas da auto-estradas é preciso ter depósitos adicionais de água e combustível. E muito tempo!
Estações de Comboio en Alice Springs
Ghan
O guerreiro é um lendário trem que vai ao longo do norte da Austrália (Darwin) Sul (Adelaide) em 48 horas, pelo mesmo preço como um passeio de ônibus (na mesma distância e a mesma duração da viagem). Eu recomendo este modo de transporte para o seu conforto e lugares de interesse histórico, onde ele passa: é um trem "dos velhos tempos ', retro e cadeiras de metal, no espírito do"Orient Express", com chuveiros, emissão de filmes em cada carro, pessoal é encantador e com chance de mover durante uma longa viagem (ao contrário de autocarro)."
Caminhadas en Alice Springs
Kings Canyon - The Canyon Walk
Sem dúvida o melhor dos caminhos de Kings Canyon é aquele que percorre a parte superior do desfiladeiro. Em primeiro lugar porque deixa, desde cima, apreciar as dimensões das paredes do desfiladeiro. São impressionantes as vistas que se têm da parede do Canyon e até parece que foi cortado com uma faca. Em segundo lugar é que ao terminar o percorrido se pode aceder à maravilhosa cascata que dá origem a este lugar; e se forem avestureiros podem também tomar um banho. A zona que rodeia a cascata é conhecida como Garden of Eden e é um autêntico oásis no meio do deserto vermelho australiano. O roteiro circular é de 6 kms. Como o roteiro tem muitas rochas é necessário levar calçado adequado. Pelo caminho podemos ver lagartos e também aves muito particulares chamadas "pombas plumiferas".
Miradores en Alice Springs
Anzac Hill
Esta pequena colina, localizada em Alice Springs, é o melhor ponto de observação da cidade. Não é difícil de subir, embora o calor possa ser sufocante. Para mim é uma das vista obrigatórias da cidade, que por outro lado, não parece muito interessante, turisticamente falando.
Zoos en Alice Springs
Alice Springs Desert Park
Situado a cerca de 3 quilómetros do centro de Alice Springs o Desert Park reúne num só sítio a variedade da fauna e flora do centro australiano. Em recintos abertos, com habitats rigorosamente recriados, podem ver-se diversas espécies de pássaros, cangurus ou avestruzes. Os lagartos, as cobras e aracnídeos podem também se vistos mas em ambientes fechados. Particularmente interessante é a sala dedicada aos mamíferos nocturnos que incluem alguns animais raros como o morcego-fantasma. Os horários de exibição de voo livre de rapinas e das demonstrações de técnicas e instrumentos aborígenes são indicados à entrada para que o visitante possa definir a sua visita sem perder estes espectáculos. À disposição do visitante está também um serviço gratuito de audio-guias, uma cafetaria e loja de recordações. Embora o percurso de e para Alice Springs se possa fazer facilmente a pé, o parque dispõe de um serviço de recolha de clientes na cidade, que pode ser requisitado na maior parte dos hotéis e albergues.
Zoos en Alice Springs
Montanhas en Alice Springs
Glen Helen Gorge
Unico lugar com hotel Este desfiladeiro, no chamado Ocidente Macdonnell Range (130 km a oeste de Alice Springs), posivelmente seja a mais importante da zona. Aqui esta localizado no ùnico hotel do parque nacional , onde temos a opcao de dormir em um quarto ou em um dormitorio (quarto compartido). Lugar adequado si nao queremos dar um mergulho, as àguas deste rio sao permanentes.
Estações de Comboio en Alice Springs
Alice Springs Railway Station - The Ghan
Fale-se em aventura e comboio e, inevitavelmente, surge o nome do mítico The Ghan, que atravessa o centro australiano. Não foi fácil a sua construção. A decisão de o fazer foi tomada ainda no século 19 mas o primeiro troço, que liga Darwin a Alice Springs, só foi construído em 1928 e o segundo, de Alice a Adelaide, apenas em 2004. O nome é uma homenagem aos cameleiros afegãos que nos finais do século 19 ajudaram a desbravar o interior do país.
Caminhadas en Alice Springs
Kings Canyon - Caminho de Kings Creek
Trata-se da caminhada mais simples que pode ser realizada em Kings Canyon. Pode-se percorrer em pouco menos de uma hora e não tem quase elevação. Está também programado para gente com deficiências. O caminho vai por Kings Creek, o córrego que dá o nome e forma ao desfiladeiro de Kings Canyon, o roteiro está muito bem explicado, com muitas indicações sobre a flora, a fauna autóctona e o significado do parque para os Aborígenes australianos. A meio caminho, pode-se encontrar umas formações rochosas muito interessantes, que, na minha opinião, são o que de mais pitoresco tem Kings Canyon. Do final do percuso, há um miradoro onde se puede admirar o desfiladeiro desde a sua parte baixa, dando uma sensação impressionante à oportunidade de estar ali, sobretudo ao anoitecer, quando a única companhia que se tem é o silencio do deserto... Bom, isso e as moscas australianas, que quase merecem um outro capitulo. No início, achei imensa graça ver as pessoas a passearem pelo deserto de mosquiteiro na cabeça, mas rápidamente se entende o porquê. As moscas são simplesmente cansativas e extremamente incómodas. Podemos passar horas a tentar espantar a mesma mosca mas esta nunca nos largará, chegando mesmo a meter-se em ouvidos, bocas, olhos. Uma verdadeira chatice mas, felizmente, não transmitem doenças nem nada do género.
Montanhas en Alice Springs
(1)
Montanhas en Alice Springs
De interesse turístico en Alice Springs
Stuart Tree
Qualquer coisa serve para quebrar a monotonia da longa Stuart Highway e a árvore de Stuart é uma delas. Diz-se que foi plantada em 1862 por John McDouall Stuart, o primeiro não aborígene a alcançar a costa norte por terra, que nela terá gravado a sua inicial "S". Descobri-la no tronco envelhecido é um desafio para todos os que lá passam.
Aeroportos en Alice Springs
Pista de aviação de Daly Waters
Perto de Daly Waters ficam os restos do que foi o primeiro aeroporto internacional da Austrália, criado em 1920 pela necessidade de abastecer os aviões que faziam a rota Brisbane-Singapura. Durante a 2ª Grande Guerra Mundial serviu também de apoio aos aviões da RAAF (Royal Australian Air Force) mas, actualmente, é apenas utilizado por pequenas aeronaves. No hangar junto à pista e aos restos do terminal podem ver-se fotografias e informações das épocas áureas.
Bares en Alice Springs
Wycliffe Creek Road Station / Wycliffe Well Road House
Este pub, no sítio auto-denominado Capital OVNI da Austrália, é paragem obrigatória na extensa Stuart Highway. As pinturas interiores e exteriores são dedicadas ao tema dos extra-terrestres, a decoração engloba recortes de jornais que provam a existência de ovnis e a sua frequente passagem na zona. A comida e bebida são, felizmente, bem terra-a-terra. Um parque de campismo e um parque infantil completam a oferta do local.
Inspire-se com as melhores listas da comunidade
Destinos próximos mais populares

O que visitar e o que fazer em Alice Springs



O que podemos
fazer no deserto? Alice Springs está localizada no deserto australiano central
e esta é precisamente a sua principal
atração. Deserto, neste caso, não é sinónimo de nada, pois há muitas coisas para ver em Alice Springs. Entre todos os locais a visitar em Alice Springs as montanhas do MacDonnell Ranges
são imperdíveis, características pela cor avermelhada, que se estende até o
horizonte. Para os mais aventureiros, há a opção de voar de balão, as vistas
são de tirar o fôlego, especialmente ao pôr-do-sol, quando as cores vermelho do
sol e da areia se confundem.

Para quem gosta
de caminhar e se está mais em forma outra opção para descobrir a natureza da
região é o percurso Larapinta Trail. Da mesma forma para o preguiçoso há a
opção de fazer um passeio de camelo ou 4x4 pelo Outback australiano, outro dos iniludíveis
lugares para visitar em Alice Springs.
Mas algo que não pode faltar num deserto é um oásis, e o deserto Australiano também
tem o seu. Palm Valley é um oásis dentro do Parque Nacional Finke Gorge, um dos
locais a ver em Alice Springs. Embora
esteja no deserto, a cidade é atravessada pelo rio Todd, seco a maior parte do
ano, mas em que também há regatas todos os anos. Caminhar ao pôr-do-sol ao
longo do rio Todd é uma das coisas a
fazer em Alice Springs de que certamente se lembrará.

Se estiver
cansado ​​do deserto e das montanhas de Alice Springs, pode escolher visitar a galeria
Todd Mall, onde estão amostras da arte aborígene contemporânea, ou centro
cultural Araluen e o telégrafo de saber mais sobre os colonos que fundaram a
cidade. Também pode jantar num restaurante na cidade ou comprar artesanato indígena.
As opções de coisas a fazer em Alice Springs são infinitas.