No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Mendoza?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Mendoza

202 colaboradores

88 lugares que ver em Mendoza

Reservas Naturais en Mendoza
Parque Provincial Aconcágua
(26)
A entrada do parque do Aconcágua, onde está o cemitério dos andinistas (como são chamados os alpinistas dos Andes, por motivos óbvios) menos afortunados, a Puente del Inca – uma formação natural resultante das águas termais ricas em ferro – e uma feirinha de produtos artesanais e pedras da região. O vilarejo é o ponto de partida para trekkings que passam pelo lago Horcones e chegam até um mirante de onde se vê a rota da parede sul, por onde seguem rumo ao topo.
Praças en Mendoza
Praça Independência
(23)
É a praça central da cidade. Limpa, amplia e ativa. É bastante fácil de chegar, pois está situada na área central da cidade e próximo a ela passam os bondes. Ideal para descansar, pois é muito tranquila, com sombras que refrescam. À noite, fazem vários espetáculos, mantendo o espírito vivo.
Jardins en Mendoza
Parque General San Martín
(24)
San Martin Park é o maior parque da cidade, vários hectares onde se pode ir para desconectar de tudo e desfrutar de seu zoológico. Belas avenidas com árvores, amplias áreas verdes, laguna, escola de remo, etc.
Reservas Naturais en Mendoza
Las Leñas
(19)
Sempre tive vontade de fazer uma viagem para esquiar como objetivo principal, mas nunca tinha feito isso. Fui então chamado por alguns amigos para passar uma semana na estação de Las Leñas, Argentina, e aceitei! Las Leñas fica relativamente próxima a Mendoza e Santiago do Chile e o aeroporto mais próximo é o da cidade de San Rafael, Argentina. Entretanto, não fica muito próxima às cidades e a maioria dos esquiadores se hospeda na própria estação, diferente de Cerro Catedral (Bariloche) ou Valle Nevado (Santiago), por exemplo. Ficamos no apart-hotel Cirrus. Um bom hotel, mas que poderia ser um pouco melhor. Destaque negativo para o fato de a água para banho ser aquecida por boiler, que não dá vazão a muitos banhos seguidos. O último tomava banho gelado! A rotina numa estação de esqui é acordar cedo e ir para as pistas, voltando só no fim da tarde. Com o passar do tempo fica cada vez mais difícil acordar cedo devido ao cansaço e dores oriundas dos tombos... Mesmo assim cumprimos nosso papel e fomos bravamente às pistas durante os seis dias que ficamos por lá. Existem três restaurantes nas pistas e mais alguns na base da estação como opções para o almoço, e a noite eles oferecem bons pratos para o jantar, mas com preços altos, principalmente para os padrões argentinos. Para economizar é possível comprar comida no mercadinho de lá e fazer no hotel. Outra forma de diversão em Las Leñas são os bares/boates. Lá pras duas da manhã alguns restaurantes “se transformam” em boates e galera que agüenta cai na noitada. O UFO Point é o mais famoso deles. O restaurante Brasero oferece um happy hour a partir das 16:30h com caraoquê ao vivo. Boa opção para tomar um vinho ou cerva e ainda cantar uma musiquinha. Depois de um dia de esqui e cheio de relaxante muscular na idéia, é uma boa pedida... Mas fácil que cair na noite ás duas da manhã!
Praças en Mendoza
Praça Espanha
(19)
Esta praça forma parte do novo desenho da cidade de Mendonza depois do terremoto de 1861.A nova cidade foi projetada em 1863 e é uma das 4 praças que rodeiam a praça independencia,se chamou sucessivamente Montevideo,Carlos Pellegrini até que finalmente ficou España,e outras praças sao Italia,Chile e Independencia. Em 1946 foi remodelada e trouxeramdiretamente de Espanha os elementos nela utilizados,colocando-se frisos comemorativos em um monumento à confraternidade Espanhola Argentina que foi doada ao nosso pais por dita coletividade e cuja autoria foi obra do escultor Bartolomé Somoza. Em 1993, decidiram renovar as praças de 1561 que estavam seriamente danificadas por outras pessoas que respeitados os desenhos originais com cenas da fundação da cidade. É um lugar que está dentro de todos os pacotes e, portanto, um dos, o belo monumento mais visitado de apreciar aqueles faiança, brilhando e pisos encerados, os andaluzes Parian lanternas de ferro forjado, fonte central rectangular e vegetação abundante e variada, todos dignos de admiração. É um lugar tão bonito e tranquilo, como seria de desejar para descansar à sombra das árvores, ler e sonhar. A localização é o Plaza, os dados do Ministério do Turismo de Mendoza
Esqui en Mendoza
Los Penitentes
(11)
Localizado na cidade de Mendoza, possui 28 diferentes estações de esqui em mais de 300 hectares esquiáveis ​​e com a melhor qualidade de neve em pó. De todas elas, há 11 aprovadas pela Federação Argentina de Esqui e 5 pela Federação Internacional de Esqui e nelas são realizadas várias competições. Sua proximidade com o Aconcágua e com a cidade de Mendoza fazem com que as temperaturas ideais para esquiar sejam mantidas aqui, mesmo que os dias sejam ensolarados e brilhantes. Nesse centro há outros tipos de atividades, como snowboard, heliski e prática de montanhismo na subida para o morro Los Penitentes, formação rochosa que se parece com uma fileira de monges peregrinando até a Cordilheira dos Andes. Dispõem de escola de esqui para iniciantes e técnicas avançadas para alunos que precisam melhorar seu nível de conhecimento. Há salas de descanso, bares, discoteca à noite e acomodações de luxo, com o máximo de conforto. Se encontram perto das pistas para apenas colocar o equipamento e já se aventurar na bela paisagem branca. O acesso é por Mendoza, através da rota internacional para o Chile ou pela rota internacional argentina, que atravessa o país de norte a sul. Outra opção é chegar ao aeroporto da cidade de Mendoza, que se pode chegar através de Buenos Aires, ou com os ônibus intermunicipais e regulares que saem de Mendosa até Los Penitentes.
De interesse turístico en Mendoza
Cordilheira dos Andes
(16)
Nós caminhamos por paisagens incríveis e percorremos geleiras milenares, florestas deslumbrantes e lagos encantadores. Combinamos nossa aventura em paralelo com a animada cultura argentina e a energia cosmopolita de suas cidades. A turnê pela mítica Patagônia desde o fim do mundo da Tierra del Fuego, através da inóspita rota 40, que nos permitiu sentir a verdadeira essência de um dos lugares mais fantásticos da Terra. Um ambiente perfeito o da Patagônia Argentina, que nos dá a oportunidade de desfrutar de pores do sol maravilhosos, como parte de um cartão postal em movimento, com a Cordilheira dos Andes como pano de fundo. Ficamos no albergue Condor de los Andes, e apesar de ser de categoria média, sentimos que estávamos em nossa casa, porque era dirigido por uma família e os quartos foram compartilhados com o grupo de viagem.
Bodegas en Mendoza
Mendoza Wine Experience
(12)
Mendoza é um lugar com muitas atrações, como tours belíssimos próximos às montanhas. Uma das atividades da cidade é provar os melhores vinhos da província. Há muitas bodegas, algumas grandes empresas familiares, e todas oferecem degustações. A cidade é muito agradável, repleta de árvores, coisa que eu amo. E a melhor época para visitar é em outubro. Espero que gostem das fotos.
Rafting en Mendoza
Rafting nos Andes
(10)
Hoje quero contar uma experiência inesquecível: rafting no rio Mendoza, com água de degelo dos Andes. Acordamos muito cedo e passaram pra nos pegar no albergue, dois homens lindíssimos. Passamos um bom tempo na estrada, e a vista da cidade se afastando era cada vez mais Impressionante. Acho que andamos mais ou menos 70 km até Potrerillos. Lá tomamos café em um bar e vestimos roupas adequadas para aventura. No bar tinha um homem que ficou com a minha câmera e disse que tiraria fotos lá de cima de graça, durante todo o trajeto, já que ele desceria de van para pegar a balsa e nos pegar, claro. Lá em cima, como não era alta temporada, fomos sozinhas, já que tínhamos um guia para cada uma. Eles iam cada um em uma ponta do barco, e nós no meio. Foi estonteante, divertido e incrível pela paisagem que víamos em cada canto do rio. Picos cheios de neve, estreitos, onde era super difícil passar de barco, áreas onde as pedras batiam no barco. De vez em quando tínhamos que levantar o remo e bater juntos, ou ficarmos de pé no barco e gritar. Nos disseram que quando está calor, eles fazem uma brincadeira sobre o barco virar quando chegam em algum lugar onde as águas são mais tranquilas, mas não fizeram com a gente. De repente, nós não víamos mais nada, tinha uma redemoinho e nós começamos a remar para não afundar. Quanta adrenalina! Se tiver tempo, não perca.
Ruas en Mendoza
Passeio de pedestres Sarmiento
(11)
Esta passagem, que leva diretamente para a Plaza Italia, está cheia de cafeterias, restaurantes e pubs de ambos os lados, uma grande armadilha turística. Bem ensolarada pela manhã, a passagem continua a ser um lugar vibrante, onde você pode aproveitar de qualquer terraço que você escolher, todos se parecem iguais. Esta é a localização estratégica de todos os vendedores e mendigos de todos os tipos, o que é difícil de evitar como um turista.
Monumentos Históricos en Mendoza
(11)
Festas en Mendoza
Festa da Vindima
(11)
É uma festa típica de Mendoza, onde se celebra a colheita. Ocorre no anfiteatro, um lugar que se você ver antes de montarem o set vai pensar que é impossível que uma grande festa seja celebrada ali, com tantas luzes, dançarinos e fogos de artifício. É super recomendado ir vê-la, além disso está localizada ao longo do caminho para a Colina da Glória, de onde você pode ver toda a cidade de Mendoza.
De interesse turístico en Mendoza
Centro de Mendoza
(11)
Chegando ao Centro de Mendoza em Argentina, não há como não perceber que estamos numa cidade "pequena" da América do Sul. As cores, o ambiente, as pessoas, tudo nos lembra aquilo a que estamos habituados a ver nos filmes da nossa imaginação. O chamado Microcentro da cidade pode ser feito todo a pé, e não há melhor maneira de o fazer... Uma caminha cheia de sentidos!
Zoos en Mendoza
Centro Anaconda
(13)
Desde criança me levavam para o zoológico, mas sempre evitavam passar pela área das cobras, talvez por medo de que eu ficasse com má impressão. E talvez seja por isso que hoje eu tenho um certo fascínio e respeito por esses animais. O serpentário Centro Anaconda tem inúmeras espécimes de todo o mundo e que podem ser vistas através de um túnel cheio de janelas, estrategicamente distribuídas para observá-las de tão perto como você nunca viu. Além disso, possui fichas com informações sobre o manejo de cobras, extração de veneno, fotos com espécimes maiores, fotos de lesões, dicas em caso de picadas, etc. Para aqueles que não gostam tanto desses animais, podem visitar algo mais relaxante como o Mendoza Aquário Municipal (http://www.minube.pt/sitio-preferido/municipal-aquarium-of-mendoza-a157970), que fica exatamente em frente.
Jardins en Mendoza
(12)
Esqui en Mendoza
Vallecitos
(8)
Vallecitos ao pé do Cordon del Plata, a 86 km da cidade de Mendoza, é um pequeno e pioneiro centro de esqui, e também é o mais próximo. É cercado pelas colinas de San Bernardo, Colorado, Lomas Blancas, onde podemos ver neves eternas, geleiras e picos de mais de 5000 metros de altura. Você pode chegar lá através da Rota Internacional 7, entroncamento com a Ruta Provincial 82, em seguida de Potrerillos a Vallecitos. É o primeiro e único (haha) lugar onde fiz uma tentativa frustrada com esqui, e o meu namorado de Snowboard. Eu o escolhi por causa da proximidade da cidade de Mendoza e por ser o centro mais econômico da província. Também é importante dizer que alugam equipamentos e há professores, mas nos dias que fui todos estavam ocupados, pois era período de férias e inverno.
Zoos en Mendoza
Aquário Municipal de Mendoza
(6)
Jorge tem 100 anos, e desde 1984, vive no Aquário Municipal da cidade de Mendoza, é um macho da espécie Caretta caretta, uma tartaruga tropical típica do mares quentes. Jorge foi encontrado ferido e dormente pelo frio nos mares do sul. Esta e outras espécies de répteis, peixes, anfíbios, moluscos, corais, fósseis, rochas e até mesmo amostras embalsamadas podem ser vistas neste aquário, que foi o primeiro inaugurado na Argentina, em 1945. Ele também é um centro de educação e informação, que conta com profissionais dedicados ao estudo e divulgação, sendo frequentemente visitado por estudantes e profissionais. Para aqueles que ficaram com vontade de ver mais répteis, recomendo visitar o Serpentário Centro Anaconda, localizado do outro lado da rua, em frente ao aquário.
Praças en Mendoza
Praça Pedro del Castillo
(12)
Localizada na Grande Mendoza, leva esse nome em honra ao fundador da cidade, em 02 março de 1561, Don Pedro del Castillo. Essa pitoresca praça florestada com uma diversificada vegetação de floresta trazida de Misiones (Argentina), uma grande variedade de palmeiras das Ilhas Canárias (Espanha) e do Brasil. Em seus arredores podem ser vistos os cartazes de Majólicas que indicam os importantes acontecimentos da cidade dentro da área fundacional. Foi o epicentro da vida religiosa e social da cidade, até que foi destruída por um terremoto no ano de 1861. Nesta praça, o General San Martin proclamou a General do Exército a Virgem de Carmen de Cuyo e se abençoou a Bandeira do Exército dos Andes e o cetro de comando. Depois de receber vários nomes como Praça das Armas(1562), Praça Independência (1810), Praça da Constituição, Praça Velha e Praça do Matadouro, finalmente, no século XX, recebeu seu nome atual. A localização é da praça, e os dados são da Secretaria de Turismo de Mendoza.

O que visitar e o que fazer em Mendoza



A quantidade de coisas a fazer em Mendoza é enorme.
Esta cidade tem um número incrível de locais históricos, museus, parques e
outros edifícios de interesse. A cidade apresenta uma curiosa mistura de
lugares antigos e modernos, como o edifício Gómez, símbolo da cidade ou do
edifício Piazza, que inclui uma galeria elegante. Outros edifícios importantes para ver em Mendoza são o Complexo
Casamagna, o Edifício do Banco Francês ou as Torres Agostinas, entre outros. Se
gosta de edifícios religiosos, o templo de Nossa Senhora da Misericórdia é um
das mais importantes em Mendoza. É um edifício de escala monumental com uma
grande cúpula de azulejos revestidos com as cores marianas. A Basílica de San
Francisco é um outro edifício do mesmo estilo. Entre os parques a visitar em Mendoza incluem-se o
Parque General San Martin, localizado perto do Monumento do Cerro da Glória, que
presta homenagem ao libertador de San Martin, e do Zoo Provincial. Um passeio
pelo Parque Central e Parque O'Higgins também é uma das coisas a fazer em
Mendoza. Outros locais a visitar em Mendoza de grande importância são as suas
praças: Praça de Espanha, Praça de Itália, Praça de San Martín ou Praça da
Independência, com o seu belo friso ferro, onde ficam o Museu Municipal de Arte
Moderna e Teatro Quintanilla. Finalmente, para relaxar, não se esqueça que a
cultura do vinho está profundamente enraizada na cidade. Assim, uma das coisas para conhecer em Mendoza é um
dos seus típicos bares, apreciar os pratos e, especialmente, um bom vinho.