No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Zurique?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Zurique

225 colaboradores
Os mais visitados em Zurique
Aeroportos en Zurique
Aeroporto de Zurique
(14)
Lagos en Zurique
Lago de Zurique
(15)
Cidades en Zurique
Ruas de Zurique
(18)
Estações de Comboio en Zurique
Estação Central de Zurique (Hauptbahnhof Station)
(13)
Catedrais en Zurique
Catedral de Grossmünster
(8)
Igrejas en Zurique
Igreja de São Pedro
(12)
Bairros en Zurique
Bairro de Lindenhof
(4)
Ruas en Zurique
Rua Bahnhofstrasse
(5)
Igrejas en Zurique
Igreja de Fraumünster
(7)
Praças en Zurique
Praça Paradeplatz
(3)
Rios en Zurique
Rio Limmat
(2)
Igrejas en Zurique
Igreja Prediger
(2)
Museus en Zurique
Museu Nacional Suíço
(4)
Lojas en Zurique
Freitag Shop Zürich
(2)
Monumentos Históricos en Zurique
Ponte Mülesteg
(3)
De interesse turístico en Zurique
(3)
Lojas en Zurique
Cabaret Voltaire
(1)
Festas en Zurique
Festival techno Street Parade
(3)
Igrejas en Zurique
Igreja de São Pedro
(12)
Igrejas en Zurique
Igreja de Fraumünster
(7)
Igrejas en Zurique
Igreja Prediger
(2)
Igrejas en Zurique
(2)
Igrejas en Zurique
Igrejas en Zurique
Museus en Zurique
Museu Nacional Suíço
(4)
Museus en Zurique
Museus en Zurique
Heidi Weber Museum
(1)
Museus en Zurique
(1)
Praças en Zurique
Praça Paradeplatz
(3)
Praças en Zurique
Praça Stauffacher
(1)
Praças en Zurique
(1)
Praças en Zurique
(1)
Praças en Zurique

94 lugares que ver em Zurique

Aeroportos en Zurique
Aeroporto de Zurique
(14)
Estupidamente, eu pensei no aeroporto de Zurique, que tudo ia ser limpo, organizado e perfeito. A primeira vez que fui até lá, fomos achar um ônibus para o avião, e então eu percebi que todos os voos vêm com um ônibus, que muitas vezes ficam para trás. Pela segunda vez, fizeram-nos entrar no ônibus, depois de esperar por 15 minutos, e depois atingindo a aeronave no ônibus nos deixou mais 30 minutos! Estávamos voando com suíços. Além disso, a sala de espera era muito pequena, com alguns serviços, não ligue a cobrar o seu computador, um preço incrível de Internet... Não gostei da experiência. Ele também tinha um patê na mochila e gorda, tinha derretido um pouco quase confiscou-me porque era "líquido". O aeroporto não fica muito longe da cidade, há um trem que vai para o centro da cidade e também um autocarro público regional.
Lagos en Zurique
Lago de Zurique
(15)
O lago de Zurique é um dos sítios mais espectaculares da cidade. Se faz bom tempo, é um lugar ideal para descansar e desfrutar da natureza. Nas escadas que se encontram numa das margens, os habitantes da cidade costumam almoçar ou desfrutar de um livro quando faz bom tempo. Na água, ao longe, vêm-se sempre veleiros e embarcações. Uma imagem quase idílica que representa o verdadeiro espírito da cidade.
Cidades en Zurique
Ruas de Zurique
(18)
Passear pelas ruas de Zurique é uma grande sensação para os turistas, desde que o tempo o permita. Desde a zona antiga, exclusivamente pedonal, rodeada de comércios e ruelas até a zona financeira. Desde a tranquilidade dos lugares mais escondidos, até o barulho dos eléctricos. Independentemente de onte estiveres, excepto em horas de ponta, passear por Zurique é algo relaxante. Apenas ruído, apenas cheiros contaminantes...
Estações de Comboio en Zurique
Estação Central de Zurique (Hauptbahnhof Station)
(13)
Zurique tem uma excelente infraestructura de trems, apesar de ser caro, mas vale a pena. Leva menos de 12 minutos para chegar ao aeroporto y menos de 50 minutos a pontos conhecidos como Lucerna, Rapperswil ... Dentro da estação é montado um grand mercado de Natal onde comprar, comer ou beber um vinho quente.
Catedrais en Zurique
Catedral de Grossmünster
(8)
Mesmo no outro lado do rio desde a Igreja de S. Pedro, vemos a catedral erguer-se, cinzenta, como um monumento chamativo desde qualquer parte da cidade. Debruça-se sobre o rio com um miradouro espectacular, onde os suíços se acotovelam para tomar alguma coisa quando faz bom tempo, e dá uma sensação de paz e tranquilidade. Sem ser espectacular, a sua beleza sóbria chama a atenção do visitante.
Igrejas en Zurique
Igreja de São Pedro
(12)
A Igreja de São Pedro foi construída no século XIII, sendo desta forma, a mais antiga da cidade. A igreja está aberta todos os domingos para a missa dominical, e pode ser visitada em qualquer outro dia. A igreja está situada junto à margem direita do rio Lindenhof. O que mais se destaca nela é o seu enorme relógio, que tem a fama de ser o maior da Europa. Está situado na sua torre, e a sua construcção data do século XVI.
Bairros en Zurique
Bairro de Lindenhof
(4)
Um descanso Um ótimo lugar para contemplar a cidade e descansar um pouco. Localizado em uma das áreas mais altas, o que garante uma vista panorâmica. Em torno dela, há casas de estilo românico. Os mais antigos costumavam se estabelecerem neste ponto estratégico. Se você tiver tempo, poderá jogar uma partida de xadrez.
Ruas en Zurique
Rua Bahnhofstrasse
(5)
Sem dúvida, a mais famosa rua na maior cidade da Suíça. Um lugar cheio de lojas de luxo, marcas de moda, restaurantes caros, de hotéis espetaculares e um passeio obrigatório para o turista, mesmo que vá só para olhar. Saia da estação de trem e chega até o famoso lago de Zurique depois de conectar com alguns dos principais monumentos da cidade.
Igrejas en Zurique
Igreja de Fraumünster
(7)
A Igreja da Abadia de Fraumünster encontra-se situada na cidade de Zurique, Suíça, e é conhecida pelos seus vitrais criados e assinados por Marc Chagall (em 1970, quando contava com 83 anos de idade) e Augusto Giacometti. A abadia foi fundada em 853 por Luís, o Germânico para a sua filha Hildegard. A igreja de Fraumünster foi edificada no século XIII.
Praças en Zurique
Praça Paradeplatz
(3)
Ao descer a rua principal, esta praça não nos deixa indiferentes por duas razões. A primeira, porque não há tantos eléctricos por metro quadrado em muitos lugares do mundo. A segunda, porque mesmo ao seu lado encontra-se a imponente igreja de Fraumünster. Trata-se de um lugar perfeito para visitar e aproximar-se da zona mais financeira e cara de Zurique.
Rios en Zurique
Rio Limmat
(2)
O rio Limmat divide Zurique em duas partes. De um lado a parte histórica e do outro o núcleo financeiro. E tudo isto exactamente antes de desembocar num encantador lago Zurichsee. As suas águas verdes e tranquilas convidam ao repouso e, em dias soleados, as suas margens enchem-se de habitantes locais ansiosos de sentir um raio de sol que não se sentem tantas vezes como as que lhes gostaria.
Igrejas en Zurique
Igreja Prediger
(2)
Localizada no centro histórico, ao norte da cidade, a igreja se destaca pela sua cor branca e a tranquilidade que a rodeia. Dar uma volta por detrás, subindo, e depois voltar para baixo pela frente é uma sensação que recomendo para todos os visitantes. Ela mantém o mesmo estilo que as outras igrejas da cidade, e sua arquitetura, como a maioria das coisas em Zurique, em equilíbrio com o entorno.
Museus en Zurique
Museu Nacional Suíço
(4)
O museu da Suíça O Museu da Suíça está próximo da principal estação ferroviária (Hauptbahngof). Durante o inverno, montan em seu interior uma pista de gelo e em torno dela diversas barracas para comer e beber à noite. Confira o site deles para realizar uma visita. Vale a pena.
Lojas en Zurique
Freitag Shop Zürich
(2)
Você chegou a pensar que era impossível que alguém pudesse criar um produto de sucesso a base de materiais reciclados usados em construção? Pois ai está Freitag, uma grife que expõe hoje em lugares como o MOMA em Nova York e se tornou popular desde um polígono. Sua especialidade: bolsos e bolsas feitos com lona de caminhão. Sujo e gorduroso. Mas tratadas. E a verdade é que muitos são legais. Eles são raros, mas são daquelas coisas que você diz que se não fosse tão caro, compraria uma. Em Zurich West, dentro de uma construção fantástica feita a base de contêineres industriais, tem uma loja cheia de produtos desta marca muito popular.
Monumentos Históricos en Zurique
Ponte Mülesteg
(3)
Descendo desde Central, uma das primeiras opções que existem para passar sob o rio Limmat é atravessar esta curiosa ponte de madeira. Ideal para tirar as primeiras fotografias da cidade. Cuidado se tiveres vertigens porque a verdade é que a ponte, ao estar em cima move-se. Isso sim, as fotos que consegues desde os seus pequenos miradouros fazem com que o esforço valha a pena.
De interesse turístico en Zurique
(3)
Lojas en Zurique
Cabaret Voltaire
(1)
Imagine por um momento que podemos voltar a um passado triste recente. Estamos em 1914, durante a Primeira Guerra Mundial. Suíça torna-se um lugar de asilo para aqueles que são neutros, pacifistas, que fogem da morte segura e sem sentido, que fervorosamente acreditam na vida e usam a arte como uma fuga. Artistas que se formaram no expressionismo alemão ou futurismo italiano, arte decapitada por essa guerra tão odiada por eles. Eles se reúnem para falar sobre o mundo e seus conceitos, suas tristezas e poucas alegrias em uma cervejaria escondida entre as ruas da Suíça e decidem que havia que isolar-se do massacre e da tristeza. Em 1916, conseguem, com os esforços de todos, abrir um pequeno cabaré, que foi batizado como "Cabaret Voltaire". Nesse espaço se reuniam filósofos como Hugo Ball, poetas e pintores como Tristan Tzara, Marcel Janco e Jeans (Hans) Arp. Dali em diante, não pararam as atividades no cabaré, os encontros sociais de qualquer tipo e natureza e a edição de uma revista chamada "Dada", que dá vida ao movimento artístico de mesmo nome. Ficou claro que eles queriam romper com tudo o anterior, porque a própria guerra o estava fazendo. O Dadaísmo vem com a intenção de destruir todos os códigos estabelecidos nos sistemas mundiais de arte. Havia que ser um anti-tudo criando um modo de vida e uma rejeição completa a toda a tradição e modo de vida anterior. E tudo isso aconteceu em um local pequeno, recentemente remodelado pelos neo dadaístas, e hoje se tornou um museu que recorda todo o significado de um movimento que parece absurdo para quem não vê um pouco mais além dos horrores de uma guerra que nunca deveria ter acontecido.
Festas en Zurique
Festival techno Street Parade
(3)
A Street Parade é o segundo maior festival techno do mundo, depois da Love Parade. Geralmente ocorre no segundo sábado de agosto de cada ano. O festival é feito ao longo do Lago de Zurique, onde diferentes caravanas vão passando, cada uma com um tipo de música e um show diferente. A cidade se transforma em um mega discoteca, onde não só os amantes da música eletrônica aproveitam a festa. Ao redor das oito horas as caravanas acabam a rota para abrir caminho às festas que cada discoteca celebra pela cidade. Uma das melhores é a da estação ferroviária central (que também é gratuita). O salão principal é transformado em uma discoteca, aberta até as primeiras horas da manhã. Nos últimos anos tem tido uma média de meio milhão de visitantes.

O que visitar e o que fazer em Zurique

Está indo visitar Zurique? Genial! Você não pode imaginar o que há para conhecer em Zurique, a capital financeira da Suíça. O centro histórico é um dos muitos lugares para ver em Zurique e um dos mais interessantes. Andando por suas ruas dá a sensação de estar em uma época diferente, edifícios e espaços medievais fazem os turistas viajar no tempo. A Catedral Grossmünster é uma das atrações de Zurique que faz os turistas viajar no tempo, pois se trata de um dos edifícios mais antigos da cidade, construída por Carlos Magno, suas torres são um símbolo da cidade.

Outros lugares que vistar em Zurique, na parte turística da cidade são: A Igreja de Fraumünster, a prefeitura de Zurique e a Igreja de São Pedro.

Os amantes da arte não podem perder a Galeria de Arte de Zurique e a Fundação Bührle, dois dos museus de maior destaque que deve visitar em Zurique. Os dois museus abrigam obras de Rodin, Munch, Monet, Picasso e, Tintoretto, El Greco ... E se tiver tempo não deixe de visitar o Centro Le Corbusier, que abriga uma das maiores coleções mais importante do artista.

E para desconectar um pouco da cidade nada melhor que passear pelo Jardim Botânico, um lugar onde poderá aprender um pouco mais sobre a flora da região e ainda desfrutar de paz de natural.

Caso a pergunta seja o que fazer em Zurique? Não deixe de experimentar seus deliciosos chocolates e doces. A cidade é um verdadeiro templo para os amantes dessa guloseima.

Se você ainda não sabe quais os lugares turísticos de Zurique devem estar na sua lista de prioridades, visite Minube, onde poderá consultar os lugares favoritos dos usuários que visitaram a cidade.