No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Angola?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Angola

105 colaboradores

42 lugares que ver em Angola

Praias en Luanda
Cabo Ledo
Praia A somente uns 80 km de Luanda, perto do parque nacional de Quiçama, vc poderá encontrar esta praia que é maravilhosa, onde além de dormir em um pequenas casas de madeira à beira-mar, há um restaurante chamado Carpe Diem para comer como um rei, enquanto observa o pôr do sol, um dos o melhores que eu já vi.
Cidades en Luanda
Luanda
(4)
Luanda é a capital da Republica da Angola. O país está em reconstrução, depois de 27 anos de guerra civil. Com o fim da guerra, em 2002, os estrangeiros em busca do petróleo e outros minérios, somados aos angolanos que voltavam, iniciaram um ciclo de consumo dos poucos recursos existentes, inflacionando a economia local. Luanda jé foi chamada de “Paris da Africa”, por sua beleza. As inúmeras obras vão, aos poucos, recuperando o brilho e o orgulho local. Os contrastes são visíveis, como são visíveis os esforços para que a cidade (e o país) volte a funcionar, apesar do fluxo incessante de estrangeiros que chegam e angolanos que retornam à pátria. Preços nas alturas, trânsito caótico, lixo e luxo convivendo lado a lado e uma lista infinita de reclamações. Então, porque tanta gente continua alimentando o fluxo migratório? Eu diria que as oportunidades são infinitas, mas Luanda há algo mais. E só indo la para descobrir o quê.
Centros Comerciais en Luanda
Belas Shopping
(3)
Em Luanda a venda ambulante impera. É possível comprar de tudo pelas ruas, mas nem sempre essa é uma atitude aconselhável. O comércio dos shoppings centers acaba limitando as compras às lojas instaladas, mas o conforto do estacionamento e dos serviços oferecidos pode ser vantajoso. O Belas Shopping é o shopping de Luanda. Um ambiente agradável e iluminado onde é possível fazer compras com calma e segurança. Diversas lojas, supermercado, cinemas, pista de patinação e uma praça de alimentação variada são só alguns dos motivos que levam os consumidores ao Belas, além da distância do centro e do trânsito caótico. Com muito espaço para crescer, o shopping conta atualmente com apenas um piso, o que não deixa de ser agradável. O estacionamento – se superior a quinze minutos – é pago.
Feiras en Luanda
Feira de Artesanato
(2)
Se você estiver em Luanda e precisar comprar lembranças, sugiro procurar os artistas locais. Se a sua intenção for encontrar algo que caiba na mala e que não custe tanto, saiba que existem diversas lojas de artesanato pela cidade, em particular nos restaurantes da Ilha. Mas se você quiser se aventurar a procurar algo mais original, a minha sugestão é ir à Feira de Artesanato de Benfica, na parte sul da cidade. Prepare-se para negociar preços e procurar muito. A maioria das mercadorias expostas não são confeccionadas pelos expositores, que atuam como meros intermediários, mas é possível, sim, encontrar coisas diferentes. A entrada da feira poderia ser melhorada e o estacionamento precisa ser intuído, mas uma vez dentro, o clima é de descobertas. Prepare-se, também, para ser circundado de comerciantes que insistirão na sua visita sem compromisso nas próprias barracas, mas lembre-se de evitar comprar objetos de marfim ou outros materiais que incentivem a caça predatória. Lá dentro as regras são três: tenha sempre a carteira ou bolsa sob controle, não compre na primeira barraca que encontrar e pechinche. Pechinche muito.
Ilhas en Luanda
Ilha do Cabo
(2)
A Ilha do Cabo, em frente à baía de Luanda – ou simplesmente Ilha, para os locais – é o trecho de praia balneável mais próximo ao centro da cidade. Como o banho é proibido na belíssima baía de Luanda, quem está próximo à Ilha (ou na própria Ilha) faz uso das praias da badalada localidade. O banho na parte da Ilha em frente à baía também é proibido. Longe do trânsito estressante do centro de cidade, a tranquilidade da ilha nos faz esquecer as preocupações e o ritmo de trabalho. Relaxar é a ordem local. Também é onde se encontra a maioria dos melhores restaurantes, as discotecas e muitas opções de vida noturna. Apesar da calma diurna, aconselha-se a não sair a pé durante a noite e de estacionar próximo da entrada do local de lazer. Como tudo em Luanda, a Ilha também está passando por obras de reestruturação. Aproveite a saborosa comida dos muitos restaurantes, estique-se nas areias dos quilômetros de praias, aproveite para pescar, divirta-se escolhendo algo dos vendedores de artesanato e acima de tudo, relaxe.
Museus en Luanda
Museu Nacional da Escravatura
(1)
O Museu Nacional da Escravatura localizado no lado Sul de Angola, guarda riquezas culturais e históricas sem precedentes, da história do povo angolano e o período da escravatura. O museu é aberto todos os dias da semana com exceção do domingo. Fica localizado a beira mar onde a preservação da natureza nos proporciona verdadeiro show das movimentações dos cardumes de peixes. A vista é muito bonita e para quem gosta de fotografar, é um cenário perfeito. O museu fica no caminho para quem vai as praias de Cabo Ledo e Sangano. Sendo assim, você pode juntar o útil ao agradável e visitar o Museu e depois curtir uma bela praia, além de apreciar as riquezas naturais do caminho como a árvore chamada Imbondeiro, típica de Angola.
Ruas en Luanda
Centro de Luanda
(1)
O centro da cidade de Luanda é onde funciona quase tudo de Angola, é um local economicamente agitado, com muitos hotéis e restaurante. Luanda é a maior cidade e também a capital da Angola. Além disso, é o principal porto e centro econômico desse país. Está dividida em 13 distritos. Criada no ano de 1576 pelo português Paulo Dias de Novais, é considerada terceira cidade mais populosa lusófona do mundo, perdendo para São Paulo e Rio de Janeiro, essas localizadas no Brasil. O povo dessa simpática cidade histórica são, na maioria, pertencentes a grupos étnicos, como o ambundu. Outros grupos como o ovimbundu e o bakongo, também estão na lista dessas simpáticas pessoas. O centro da cidade traz histórias que contam um pouco da identidade do começo de uma nação cheia de mistérios. A economia local está presente em indústrias, inclusive em produtos agrícolas. A produção de bebidas, matérias de construção, plásticos e sapatos, são apenas umas das principais produzidas na cidade. A importação diretamente em seu porto natural de produtos como café, açúcar e diamantes, também são fundamentais para a economia da cidade e do país. Esta cidade no ano de 2010, acolheu de forma quase que exclusiva o Campeonato Africano das Nações. O clima é geralmente quente e seco, com características tropicais, impedindo na maior parte do ano, a geração de chuvas em maior parte da cidade. É um lugar fabuloso, não deixe de apreciar essa emoção. Claro, muitas pessoas vão a Luanda a trabalho, por essa razão é uma certeza ir ao centro da cidade de Luanda, pois é lá que gira praticamente toda a economia do país, além disso é legal ver os homens e mulheres vestidos com os seus trajes típicos angolanos. É magnífico.
De interesse turístico en Malanje
(1)
Rios en Luanda
(1)
Aeroportos en Benguela
Benguela
(1)
Pelas ruas de Benguela.
Cidades en Lubango
Lubango
(1)
Um dos melhores locais para se visitar em Angola
Miradores en Luanda
(2)
Cataratas en Malanje
Aldeias en Caála
Praias en Luanda
Praia de Sangano
(1)
A praia de Sangano é um local pitoresco por seu clima e belezas naturais. É um lugar mágico, onde você pode deliciar-se do sossego do lugar, apreciando o clima, as belezas naturais, a água gelada do mar e os restaurantes a beira mar com comidas típicas angolanas.
Falésias en Luanda
Miradouro da Lua
A semelhança com a superfície lunar é que deu nome a este lugar. A natureza levou milênios de anos para esculpir esta maravilha. Localizada em Samba - Luanda - Angola, é um miradouro ou mirante, que nos permite ficar deslumbrado com tamanha beleza. A visitação é gratuita e a sugestão é que acontece no início do dia ou no final da tarde onde é possível admirar não apenas o lugar, mas também o nascer ou o por do sol.
Cidades en Malange
Malange
Passamos pelas Pedras de Pungo Andongo sentindo-nos pequenos... Chegando às Quedas de Kalandula as palpitações e a emoção de presenciar a força e a beleza da natureza foi inexplicável. A Praia do Kwanza deixou-me com um misto de medo e alegria, pois a beleza da praia contrastava com a fúria e barulho das rápidas!! Foi um fim de semana memorável!!
Abadias en Barra do Dande