MINUBE
Continuar no app
Abrir
Aonde você quer ir?
Você curte Albânia?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

O que fazer em Albânia

310 colaboradores
  • Monumentos
    37 lugares
  • Ar livre
    25 lugares
  • Passeios
    10 lugares
  • Praias
    6 lugares
Reservas Naturais en Korçë
Driloni National Park
(1)
Reservas Naturais en Tirana
(1)
Reservas Naturais en Vlorë
Reservas Naturais en Sarandë
(1)
Reservas Naturais en Sarandë
(1)

135 lugares que ver em Albânia

Cidades en Tirana
Tirana
(4)
Chegamos em Tirana bastante cansados, a razão que as estradas da Albânia são um desastre, empoeirado, está indo muito devagar e por que estávamos indo com um microônibus que não parou desde a fronteira com Montenegro para a capital. Mas esses 100-algo km parecia interminável. Encontramos comida deliciosa, e que, se muito barato, o país é muito mais barato do que seus vizinhos balcânicos. Mas com o calor, trânsito, estas avenidas largas como se fossem os tanques era comunista e desfiles do exército ainda, prédios do governo cinzento e imponente, não amava a cidade. É fácil de encontrar, porque ele é pequeno, é construído em um vale que está completamente contaminado, mas se você pode deixar a montanha ao redor é linda. Entre os edifícios e lugares de interesse, é a praça principal com mesquita, a torre do relógio e da ópera, o Museu Nacional de história e pouco mais, a verdade.Guia essencial, as pessoas falam pouco inglês e para o transporte, por exemplo, há uma estação central, eles saem de vários lugares, dependendo do seu destino. Se você não sabe, perde muito tempo!
De interesse cultural en Tirana
Piramide di Tirana
(4)
Piramida é o Centro internacional da Cultura. É um edifício que está a Sul da grande praça Skenderbej de Tirana. Foi construída em 1987, segundo um projecto da filha de Enver Hoxha. Hoxha foi o líder da República Popular da Albania, desde o final da Segunda Guerra Mundial até 1985, ano da sua morte. É um edifício exótico, que não tem nada a ver com os restantes edifícios oficiais da cidade. É muito mais futurista e colorido, que é algo que faz falta à capital. Actualmente é usado para convenções, exposições e outros eventos artísticos, que se realizam durante o ano em Tirana. O filho do Presidente Bush deu um discurso em frente de Piramida, que é um dos edifícios mais representativos da cidade, independentemente se gostamos ou não. Foi o edifício mais caro para o povo albanês durante a época comunista e, agora querem modificá-lo, porque não é nada prático. Os novos projectos serão também feitos pela filha de Hoxha.
Mesquitas en Tirana
Et'hem Bey
(1)
A mesquita de Et´hem Bey encontra-se no centro de Tirana, a capital da Albânia. Começou a ser construída em 1789, e tem o nome de Molla Bey que a iniciou. Foi terminada em 1823, graças ao trabalho do seu filho Haxhi Et´hem Bey. Este era um descendente do paxá Suleyman, um general do Império Otomano que fundou a cidade de Tirana em 1614. Nesta época só tinha construídos uma mesquita, os banhos públicos e uma padaria. Podia-se então rezar, estar limpo e comer, tudo o que era necessário para uma cidade desta época. A mesquita é considerada a mais bonita da Albânia e tem lindas decorações exteriores, lamentavelmente as do interior só as podem admirar os que se inscrevem numa visita guiada à mesquita. As pinturas representam árvores, cataratas de água, pontes e natureza - o que é algo raro na arte islâmica. Durante a época comunista, a mesquita permaneceu encerrada, e assim seguiu até Janeiro de 1991, quando apesar da interdição dos comunistas, milhares de pessoas entraram na mesquita com bandeiras do país. Foi um dos pontos a favor da queda do regime comunista.
Praças en Tirana
Praça Skanderbeg
(2)
A praça Skanderbeg surpreende pelo seu tamanho. Na verdade, Tirana é a capital da Albânia, mas é como uma aldeia, não é uma grande cidade e ter uma praça tão imensa não serve mais do que para recordar a época comunista, quando se necessitava de um espaço tão grande para deixar o exército passar, e outros desfiles nos quais se recordava a potência do governo no poder. A praça tem o nome do herói nacional albanês, Skanderbeg, também chamado Iskander Bey em turco. Nasceu em 1405, e é um dos personagens mais fomosos da história da Albânia. Diz-se que era a encarnação do dragão que se encontra na bandeira do país (um dragão negro com fundo vermelho). Skanderbeg combateu contra o império otomano, e conseguiu mantê-lo fora do seu país durante duas décadas. Considerando o tamanho da Albânia e a força do império Otomano, foi um feito incrível. Agora, no centro da praça, encontra-se uma estátua de Skanderbeg, montado num cavalo, ao lado da bandeira do país. Na praça encontra-se a ópera, a torre do relógio, a mesquita e outros edifícios oficiais.
De interesse cultural en Tirana
Ópera
(1)
Situada na praça Skenderbej, a ópera de Tirana forma parte de uma rede, juntamente com as óperas da Europa central e de Leste. O teatro nacional de ópera e ballet é o maior teatro do país, e tem dois corpos, de música e dança, residentes por ano. O teatro é muito recente, foi criado em 1953, mesmo depois da segunda guerra mundial, na era comunista. O bom foi que este teatro ajudou a desenvolver as belas artes na capital, porque antes não havia nenhum lugar onde representar, e desde a sua criação chegaram grupos e orquestras de vários países do bloco comunista. O mau foi que, tal como os outros edifícios comunistas oficiais, é muito feio. Optaram pelo mais prático e não pelo mais belo. É um bloco de cimento cinzento que construiram na praça central e não muito mais. Hoje apresentam obras de ópera de compositores albaneses e internacionais. Os bilhetes podem ser comprados ali mesmo, das 9 às 12 e das 15 às 19. Ainda não têm muitos fundos para se financiarem, mas são muito criativos.
Castelos en Shkodër
Castelo de Shkodër
(2)
Shkodra é a cidade mais histórica da Albânia, e uma das mais antigas do país. Encontra-se a sul do lago Scurati, perto da fronteira com o Montenegro, onde o rio Buna, um dos rios navegáveis do país, sai do lago para o mar Adriático. É um grande prado rodeado por montanhas e com uma colina, onde o castelo foi construído para defender a cidade dos ataques vindos do estrangeiro. O castelo, chamado de Rozafa, foi construído a 130 metros acima do nível do mar, e encontrava-se no centro de várias rotas comerciais provenientes dos Balcãs, daí a sua importância. Tornou-se famoso durante a Primeira Guerra Mundial, quando foi protegido pelos turcos, e pelo general Hassan Riza Pasha e Essad Pasha, o líder político albanês da região. O castelo oferece uma boa vista sobre a região, que é um pouco seca, mas o lago é lindíssimo.
Cidades en Pogradec
Pogradec
Pogradec é, acima de tudo, um lugar para fazer férias, construído na margem do lago de Ohrid, do lado albanês. Chegámos desde a capital, Tirana, com um serviço de mini-autocarros. Do que me lembro, acho que nos custou 5 euros entre os dois, o que foi super barato, já que há mais de 3 horas de caminho! Até parámos pelo caminho para comer alguma coisa. Chegámos à noite, o dique perto do lago estava muito animado, com gente a passear, havia jogos para as crianças de tipo feira, um pouco mais longe uma discoteca, e imensos hotéis. Neste lado, o lago de Ohrid não me pareceu tão bonito como o do lado da Macedónia, mas a cidade é agradável e as pessoas muito amáveis. O autocarro urbano custa 20 LEK, sendo que 120 LEK são equivalentes a 1 euro. É muito barato, como todo o resto, comes um Doner delicioso por menos de um euro. Os hotéis, pelo contrário, são um pouco caros. É muito mais popular que o povoado de Ohrid na Macedónia.
Monumentos Históricos en Tirana
Kulla e Sahatit
(2)
A Torre do Relógio chama-se Kulla e Shatit e está localizada na praça central de Tirana, ao lado da mesquita de Et'hem Bey. Começou a ser construida em 1821, e foi terminada apenas com a ajuda das famílias mais ricas de Tirana. Há uma tradição na cultura muçulmana de que quem tem mais dinheiro tem de dar, normalmente uns 10% dos seus ingressos anuais, para projectos de bem comum, ou aos pobres da cidade que sejam mais necessitados. É graças a isso que muitos edifícios nas Balcãs puderam ser construidos, porque os cofres do estado não estavam suficientemente cheios para os poder terminar. A colocação da torre do relógio foi obra da famíliaTufina. Em 1928, o estado Albanês comprou um relógio alemão mais moderno, e a torre foi ampliada até alcançar os 35 metros de altura. A Kula e Sahatit foi danificada durante a Segunda Guerra Mundial, mas foi dos primeiros edifícios que se voltaram a construir no final da guerra, já que era um monumento emblemático da cidade. Podes subir até o cimo e ver a cidade por um euro.
Vulcões en Corovode
(1)
Racetracks en Bajram Curri
(11)
Reservas Naturais en Korçë
Driloni National Park
(1)
O Parque Nacional de Driloni está situado do outro lado da fronteira albanesa, perto do lago Ohrid, na parte este do país. É o único aspecto atractivo da parte de Ohrid do lado de Albânia, comparado com a região da Macedónia que é Património Mundial da UNESCO e que está cheia de igrejas bizantinas do século XV. A Albânia apresenta complexos turísticos cinzentos e feios, mas o parque oferece inúmeros circuitos de caminhadas, e os seus picos chegam aos 1800 metros de altura, sendo que no inverno se cobrem de neve. As vistas para o lago Ohrid são esplendidas, mas o parque não tem muitas infraestructuras, nem para acampar, para ficar uma noite, ou para fazer um churrasco. É importante sair das cidades de Korce ou Podgarec com a quantidade de água e comida necessária, e também com um bom mapa da região, disponível no posto de turismo.
Cidades en Berat
(2)
Reservas Naturais en Tirana
(1)
Praias en Durrës
(4)
Cidades en Gjirokastër
(4)
De interesse cultural en Tirana
(1)
Catedrais en Tirana
(2)
Castelos en Krujë
(4)
Inspire-se com as melhores listas da comunidade