Baixe o app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Você curte Verona?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Verona

info
guardar
Guardado

64 opiniões sobre Verona

23
Ver fotos de Wesley Alves da Silva
23 fotos

A encantadora cidade de romeo e julieta

Verona é uma cidade linda, de uma arquitetura única e muito verde.
O rio que corta a cidade é juncado de rosas, a cidade tem o tamanho perfeito. Não é gigante e tudo o que precisamos.

Um cidade romântica, sem dúvida, localizada no norte da Itália. Tem uma arena romana antiga onde acontecem diversos espetáculos, a casa da Julieta, igrejas importantes, uma diversidade grande de opções gastronômicas e um número grande turistas que encontramos nas ruas em todos os dias da semana.

As fotos registram o meu olhar poético sobre a cidade.
Wesley Alves da Silva
5
Ver fotos de Lili Detoni
5 fotos

Verão de verona

Avistei, ainda do autobus, o lindo portal da cidade murada, protegida pelas pedras e pelos séculos.
Verona é delicada, feminina... Guardiã do amore de Giulietta por Romeo.
A arena do Anfiteatro nos leva ao passado, pois as vozes das óperas encenadas todas as noites de verão ali nos fazem arrepiar de tanta emoção! O gosto bom de Verona está na feirinha de frutas, tomates, nos palácios, nos afrescos das paredes seculares e no céu azul. Passei um bello giorno em Verona! Um dia quente, de sorvetes, fotografias e Alpes ao fundo das fotos!
A dica é fazer um pedido tocando no seio da estátua (em bronze) de Giulietta - "per un amore!" - Local: "Casa di Giulietta" - basta seguir as placas.
A casa dela é linda e o balcão onde ela se encontrava com seu Romeo nos faz sonhar com uma linda história de amor. Para entrar na casa é preciso comprar "un biglietto".
Impossível não sonhar com a história de amor mais linda que já existiu!
Lili Detoni
6
Ver fotos de Mano
6 fotos

Verona

Verona, tirando a distância com minha Cordoba, lembra ela. E não só pela sua atração turística, reconhecidas por ser uma cidade do Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, mas por seus pontos de vista e arquitetura. Nota: Você deve ver tudo sobre Julieta, etc ... É uma cidade orientada ao turismo romântico.
Mano
1
Ver fotos de Wency Loinaz
1 foto

Cidade de cores e amor

Veneza ganha a fama por ser a cidade do amor, mas a verdade é que o título deveria ser de Verona. A cidade trás uma vibração de romantismo que começa pelas praças invadidas pelos casais em mesas de bares e restaurantes e culmina na casa de Giulietta. Dentro dela, podemos encontrar diversos cadeados coloridos, com iniciais de pessoas que prometeram a eternidade do seu amor ao jogar a chave no rio. Diversos desses são encontrados pelos mais diversos lugares, ilustrando a criatividade de casais que quiseram fugir da parede de cadeados de Giulietta. Fora isso, a cidade é coberta de pequenos tesouros escondidos, que nos mostram uma cidade colorida, rica e romântica.
Wency Loinaz
Ler mais 10
Publicar
11
Ver fotos de Allan Robert P. J.
11 fotos

A cidade de verona, patrimônio da hum...

A cidade de Verona, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, com seus mais de duzentos e sessenta e quetro mil habitantes, é a segunda cidade mais populosa do Triveneto e a terceira da Itália norte oriental. Verona surge às margens do rio Adige no ponto em que o rio entra na Planície Padana. Antigamente a cidade era um importante ponto de cruzamento de todos os sistemas de transportes terrestres e aquáticos do nordeste italiano. Durante o Império Romano era o ponto de encontro de quatro estradas consulares: A via Gallica, a via Claudia Augusta, o vicum Veronensium e a via Postumia. Ainda hoje Verona costitui um importante cruzamento geográfico – rodoviário e ferroviário -, entre as ligações da Itália central e norte oriental com o passo del Brennero.

Verona é visitada a cada ano por mais de 3 milhões de turistas, muitos dos quais estrangeiros, pelo imenso volume de obras artísticas e arquitetônicas, dentre os quais os mais famosos são a Arena de Verona e a Casa da Julieta. Mas também pelo Festival de Verão de Verona e pela Estação Lírica Areniana, que também acontece durante o verão.

A área onde hoje surge Verona é habitada desde a Era Neolítica, com diversos sítios arqueológicos que comprovam a ancestralidade dos habitantes. Os históricos individuaram diversas etnias entre as origens da cidade. Os primeiros contatos entre Roma e Verona foram documentados por volta do século III, quando teriam surgido relações de amizade e aliança. Graças a Cesar Verona obteve a cidadania romana em 49 a. C. Mas a cidade viveu uma história muito dinâmica na Idade Média até que, em 1405, ocorreu a “dedicação de Verona a Veneza”, depois a peste devastou parte da população em 1630. Em Maio de 1796 os austríacos foram derrotados na região de Piemonte por Napoleão Bonaparte e se retiraram até o Trentino, enquanto Napoleão e as ideias revolucionárias francesas sacudiram a tranquilidade veronesa: Os austríacos em fuga ocuparam Peschiera, violando a neutralidade veneta, e Napoleão aproveitou para ocupar Peschiera e para entrar sucessivamente em Verona. Com o Tratado de Campoformio, Napoleão cedeu a cidade aos austríacos, depois foi dividida à metade, tendo o rio Adige como linha separatória com uma parte francesa e a outra, austríaca. Com a conquista do Veneto por parte dos Savoia, inicia a história italiana de Verona no dia 16 de outubro de 1866, quando passou a gozar de um período de tranquilidade. Em 1882 Verona foi vítima de uma terrível inundação pelo rio Adige. Nos anos seguintes, para proteger a cidade de outras cheias, foram edificados grandes margens artificiais, chamadas “muraglioni” e a cidade teve que renunciar a um dos seus aspectos mais característicos, da “cidade que vivia na água”. Mas Verona ainda teria que enfrentar grandes sacrifícios e perdas durante a Segunda Guerra, além de uma crise econômica que durou décadas, até tornar-se o pólo turístico-cultural que é hoje.

A curiosidade fica por conta do nome, de origem imprecisa mas que uma lenda conta ter derivada de um certo Brenno, chefe gallico, que teria chamado o novo centro habitado de “Vae Roma”, ou seja “Maldita Roma”, que com o tempo teria se transformado em Verona.
Allan Robert P. J.
6
Ver fotos de naxos
6 fotos
naxos
10
Ver fotos de Roberto Caravaggi
10 fotos
Roberto Caravaggi
18
Ver fotos de Maïder Tomasena
18 fotos
Maïder Tomasena
1
Ver fotos de Somos4porelmundo
1 foto
Somos4porelmundo
1
Ver fotos de Gabriela Andrade
1 foto
Gabriela Andrade
6
Ver fotos de Laura Bonaiti
6 fotos
Laura Bonaiti
8
Ver fotos de Martina Macera
8 fotos
Martina Macera
7
Ver fotos de Martina Sgorlon
7 fotos
Martina Sgorlon
3
Ver fotos de darkgotic07
3 fotos
darkgotic07
2
Ver fotos de Anaïs Ballanger
2 fotos
Anaïs Ballanger
Publicar
Ler mais 10

Informação Verona