No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Lombardia?
Compartilhe com todo mundo
Entrar com Google +

De interesse cultural em Lombardia

Abadias em Lombardia Aeroportos em Lombardia Aldeias em Lombardia Áreas de Lazer em Lombardia Bares em Lombardia Bodegas em Lombardia Caminhadas em Lombardia Campos de Golf em Lombardia Castelos em Lombardia Cataratas em Lombardia Catedrais em Lombardia Cemitérios em Lombardia Centros Comerciais em Lombardia Centros de Estética em Lombardia Cidades em Lombardia Circuito Ciclismo em Lombardia Concertos em Lombardia De interesse cultural em Lombardia De interesse desportivo em Lombardia De interesse turístico em Lombardia Discotecas em Lombardia Espectáculos em Lombardia Esqui em Lombardia Estações de Autocarros em Lombardia Estações de Comboio em Lombardia Estádios em Lombardia Estátuas em Lombardia Estradas em Lombardia Exposições em Lombardia Feiras em Lombardia Festas em Lombardia Fortalezas em Lombardia Igrejas em Lombardia Ilhas em Lombardia Informação Turística em Lombardia Jardins em Lombardia Lagos em Lombardia Lojas em Lombardia Mercados em Lombardia Miradores em Lombardia Monumentos Históricos em Lombardia Museus em Lombardia Palácios em Lombardia Parques Temáticos em Lombardia Portos em Lombardia Praças em Lombardia Praias em Lombardia Pueblos de vacaciones em Lombardia Racetracks em Lombardia Reservas Naturais em Lombardia Rios em Lombardia Ruas em Lombardia Ruínas em Lombardia Salas de Concertos em Lombardia Sítios arqueológicos em Lombardia Sítios insólitos em Lombardia Spa em Lombardia Teatros em Lombardia Templos em Lombardia Universidades em Lombardia Vales em Lombardia Zonas de Compras em Lombardia Zonas para sair em Lombardia

81 de interesse cultural em Lombardia

De interesse cultural en Milão
A Última Ceia
(8)
Ver o "cenacolo" Vivi em Milão vários meses e valeu a pena ver o Cenacolo. É uma obra que corta a respiracao por sua magnitude, mesmo nao estando em bom estado. Nao é permitido fazer fotos e voce passa pouco tempo dentro da igreja. Para visitar é preciso reservar com antecedência, especialmente no verão.
De interesse cultural en Milão
Rua Corso Venezia
(7)
Se trata de uma longa rua com um extremo em Porta Venezia, e o outro no triângulo de ouro da moda, é uma agradável passeio do Duomo, e se você não quiser andar, pode pegar um metro e descer na parada de Palestro. Outra possibilidade é alugar bicicletas lá mesmo, mas o trânsito na cidade é bastante caótico e eu não recomendaria muito. Aqui estão os Jardins Públicos Indro Montanelli, e nestes o mais antigo museu da cidade e da História Natural. Também tem está rua com muitos edifícios interessantes e não menos interessantes lojas de desenho e moda.
De interesse cultural en Como
(10)
De interesse cultural en Mantova
Mantova
(5)
Mantova abriga tesouros históricos maravilhosos, entre os mais importantes podemos destacar o Palazzo Ducale, antiga residência da poderosa família Gonzaga que governou por séculos a cidade.Mais uma cidade do projeto Rotas C e D. A primeira foto é da Torre do relógio, na Piazza Erbe e a outra é de uma pequena igreja, que aos sábados realiza as missas em latim.
De interesse cultural en Livigno
(9)
De interesse cultural en Melegnano
(11)
De interesse cultural en Cremona
Cremona
(1)
Cremona está situada no sul da Lombardia às margens do rio Po e, do outro lado do rio, na região Emilia-Romagna encontra-se a cidade de Piacenza, a 30 km. A origem da cidade é incerta, mas tudo indica que Cremona nasceu no período pré-romano. Segundo alguns historiadores, um troiano fugira da cidade destruída e teria fundado Brimonia que, com o tempo, passou a chamar-se Cremona. Para outros, o fundador teria sido um companheiro de Páride chamado Cremone. Existe uma lenda onde aparece Hércules como o fundador. Cremona foi fortificada pelos romanos em 218 a. C. Em 69 d. C. Foi circundada e destruída por Vespasiano, que em seguida a reconstruiu. De centro importante e vital da área padana, a cidade foi esquecida por um longo período, sendo citada muito esporadicamente em raros documentos ou lembrada como berço de algum personagem histórico. A cidade renasceu durante a Idade Média, participou de diversas lutas e guerras, foi desmembrada, reunificada e controlada pelo clero. Poucas cidades da região têm uma história rica de eventos e patrões como Cremona. Que, apesar de tudo, sobreviveu mantendo suas tradições, sem deixar de absorver as novidades de outras culturas. Cremona é conhecida pela torre construída ao lado da Duomo, chamada “Il Torrazzo di Cremona”. É a torre construída com tijolo à vista mais alta da Itália, sendo inferior somente à torre do Duomo di Mortegliano, na província de Udine, que, porém, é de cimento. Além disso, o Torrazzo é uma das torres campanárias mais altas do mundo, superada somente pela torre da Catedral de Landshut, na Baviera. A torre pode ser visitada, mas somente por quem tem pulmões e coração em boas condições. Mas não só de guerras e arquitetura consturiu-se a história de Cremona. A cidade possuía um importante porto fluvial, abrigou o papa Bento IX (o papa menino) e – o mais interessante – é um importante centro produtor de cultura e gastronomia. Foi em Cremona que nasceu e viveu Antonius Stradivarius, deixando um legado de música cultuado e estimulado até os nossos dias. É desnecessário dizer que a melhor escola de luthier do mundo está situada em Cremona e que suas ruas e vielas abrigam muitas oficinas onde violinos e outros instrumentos são produzidos com a mesma qualidade artesanal há séculos. Como se não bastasse, o delicioso torrone teria sido inventado ali e sua forma imitaria a forma do Torrazzo.
De interesse cultural en Lodi
(3)
De interesse cultural en Certosa di Pavia
(11)
De interesse cultural en Lodi
(2)
De interesse cultural en Mantova
(3)
De interesse cultural en Rho
(4)
De interesse cultural en Crema
(5)
De interesse cultural en Capriate San Gervasio
(5)
De interesse cultural en Milão
(1)
De interesse cultural en Monza
(2)
De interesse cultural en Como
(3)
De interesse cultural en Casteggio
(12)