Baixe o app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Você curte Iglesia de San Pedro?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Iglesia de San Pedro

info
guardar
Guardado

2 opiniões sobre Iglesia de San Pedro

21
Ver fotos de Roberto Gonzalez
21 fotos

A igreja da ave escondida

Graças à bondade e graça de uma sevilhana acidentalmente passou pela igreja com seu bebê, aprendemos que enquanto nós apreciamos a bela capa e torre esbeltísima e se casar, devemos buscar, em uma caixa de intrincados azulejo, um pássaro que está escondido da vista dos transeuntes. Obviamente, não vou dizer onde está, mesmo que pareça claro nas fotos. O que ele vai fazer é entrar nesta igreja construída sobre uma mesquita e está localizado no que antes era o antigo bairro judeu da cidade. Não confunda a entrada, não é o azulejo, mas que mostra um pequeno jardim que parece enfeitar a escultura dedicada a Sor Angela de la Cruz. A partir daqui parece se tornar realidade a lenda que é a segunda mais alta torre após a Giralda (uma média de Sevilha). Desde a sombra abençoada de seus três navios, começou a desfrutar dos seus altares e capelas maravilhosas, como as Almas do Purgatório, que parece recorrente neste templo para repetir o tema que vimos na telha pássaro. Mas talvez o mais impressionante, como em todas as igrejas Sevillanas são os tamanhos. E entre todos Nosso Pai Jesus da Saúde, é sem dúvida o magneticamente chamando a nossa atenção. Rodeado por um belo azulejos mouriscos, brilha de um lado do altar-mor ladeada por dois anjos Lampadarios enormes que parecem voar acima de nós. Outra jóia do templo é a capela de Cristo de Burgos, com a mais antiga crucificado que procissões em Sevilha, que datam de 1574. E não estamos aqui sem lembrar que estava em sua pia baptismal onde foi baptizado o pintor Diego Velázquez de volta em 6 de junho de 1599. Uma honra dividir esse telhado artista distinto ..

La iglesia del pajarito escondido

Gracias a la amabilidad y la gracia de una sevillana que por casualidad pasaba por delante de la iglesia con su bebé, nos enteramos de que mientras disfrutamos de la preciosa portada y la esbeltísima torre y si queremos casarnos, debemos buscar, en un intrincado cuadro de azulejo, a un pajarito que se esconde de la vista de los transeúntes.
Evidentemente no voy a decir donde está, aunque se vea muy claro en las fotos. Lo que si haremos es entrar en esta iglesia que se construyó sobre una mezquita y que se encuentra en lo que en su momento fue la antigua judería de la ciudad.
No confundamos la entrada, ya que no es la del azulejo, sino la que nos muestra un jardincillo que parece adornar la escultura dedicada a Sor Ángela de la Cruz. Desde aquí parece hacerse realidad la leyenda que dice que es la segunda torre más alta después de la Giralda ( a decir de los sevillanos).
Ya a la bendita sombra de sus tres naves, empezamos a disfrutar de sus maravillosos retablos y capillas, como el de las Ánimas del Purgatorio, que parece recurrente en este templo al repetir el tema que vimos en el azulejo del pajarito.
Pero quizá lo más llamativo, como en todas las iglesias sevillanas, sean las tallas.
Y de entre todas ellas Nuestro Padre Jesús de la Salud, es sin duda la que llama magnéticamente nuestra atención.
Rodeado de una preciosa azulejería mudejar, resplandece en un lado del altar mayor escoltado por dos enormes ángeles lampadarios que parecen volar sobre nosotros.
Otra joya del templo es la capilla del Cristo de Burgos, con el crucificado más antiguo de los que procesionan en la Semana Santa sevillana, ya que data de 1.574.
Y no nos vamos de aquí sin recordar que fue en sus pila bautismal donde fue cristianizado el pintor Diego de Velazquez allá por el 6 de junio de 1599. Un honor compartir techo con tan insigne artista..
Roberto Gonzalez
Traduzir
Ver original
11
Ver fotos de Lala
11 fotos

Não acabado de sair de uma das ruas d...

Não acabado de sair de uma das ruas do velho atender a essa igreja, que ocupa um quarteirão inteiro na Praça de São Pedro. É gótico, embora, tendo sido construído sobre uma antiga mesquita, também elementos presentes "mudéjar". Eu pensei que era bonito e diferente dos outros que tinha visto até aquele ponto. Ele tem duas entradas, uma na Calle Sor Angela de la Cruz e outro na praça, o último foi feito por Diego de Quesada, no século XVII, e tem um nicho com uma escultura de São Pedro (esculpida por Martín Cardino) . O elemento mais importante, porém, é a sua torre nenhuma, excepto a famosa La Giralda, a segunda maior em Sevilha. É composto de um corpo que apenas mantém ações no estilo mudéjar, uma torre sineira barroca com oito capelas e é encimada por um remate decorada com azulejos. Como todas as igrejas que temos visto na cidade, que abriga dentro dos tesouros de arte, para ser mais exato nas capelas: a Cappella Maggiore (com esculturas de Felipe de Rivas e pinturas que retratam cenas da vida de São Pedro eo episódio da Imaculada Conceição), São José, "Sacramental" (irmandade do Santíssimo Sacramento, com pinturas de Zurbarán, Lucas e Valdés), as almas dos Sagrario (tabernáculo, com a estátua de madeira de Nuestro Padre Jesús de la Salud) do Pilar (Pilar), o Cristo de Burgos (que contém a estátua de madeira do mesmo nome, que rivaliza com a da catedral de Burgos) ... Há também um grande número de "retábulos" (altar) dos séculos XVII e XVIII. A igreja de San Pedro é a casa da fraternidade de Cristo de Burgos e Nuestra Señora del Pilar.

Non appena usciti da una delle stradine del centro storico incontriamo questa chiesa, che occupa un intero isolato, in Plaza de San Pedro. È gotica, sebbene, essendo stata edificata sopra un'antica moschea, presenti anche elementi "mudéjar". Mi è sembrata bella e diversa dalle altre che avevamo visto fino a quel momento. Possiede due ingressi, uno in Calle Sor Angela de la Cruz e l'altra nella piazza stessa; quest'ultima è stata realizzata da Diego de Quesada nel XVII secolo, e ospita una nicchia con una scultura di San Pietro (scolpita da Martín Cardino). L'elemento più importante è comunque la sua torre, nientedimeno che la famosissima Giralda, la seconda a Siviglia per grandezza. È composta da un corpo che conserva appunto parti in stile mudéjar, un campanile barocco con otto cappelle ed è sormontata da un pinnacolo decorato con azulejos. Come tutte le chiese che abbiamo visto nella città, questa ospita al suo interno dei veri e propri tesori d'arte, per l'esattezza nelle cappelle: la Cappella Maggiore (con sculture di Felipe de Rivas e dipinti raffiguranti scene della vita di San Pietro e dell'episodio dell'Immacolata Concezione), San Giuseppe, "Sacramental" (della confraternita del Sacro Sacramento, con quadri di Zurbarán e Lucas Valdés), delle Anime, del Sagrario (tabernacolo, con la statua lignea di Nuestro Padre Jesús de la Salud), del Pilar (pilastro), del Cristo di Burgos (contenente la statua lignea omonima, che compete con quella della cattedrale di Burgos)... Vi è inoltre un gran numero di "retablos" (pale d'altare) del XVII e XVIII secolo. La chiesa di San Pedro è sede delle confraternite del Cristo di Burgos e di Nuestra Señora del Pilar.
Lala
Traduzir
Ver original
Publicar

Informação Iglesia de San Pedro

Contato de Iglesia de San Pedro
+34(954)216858
+34(954)216858
Endereço de Iglesia de San Pedro
Calle Dona Maria del Coronel, 1, 41003 Sevilla, España
Calle Dona Maria del Coronel, 1, 41003 Sevilla, España
Ver mais