Baixe o app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Você curte Mausoleum of Gur Amir?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Mausoleum of Gur Amir

info
guardar
Guardado

7 opiniões sobre Mausoleum of Gur Amir

7
Ver fotos de Alicia Ortego
7 fotos

Mausoleum of gur amir

.El Mausoleo de Gur Amir, en Samarcanda, es el lugar donde está enterrado Timur ("el cojo"), dos de sus hijos, y dos de sus nietos including Ulug Bek (erudito astrónomo, matemático, arquitecto y de uno de los más bellos edificios del Registán). En realidad, Timur había dispuesto construir una cripta simple para él at Shakhrisabz, pero cuando él murió de neumonía en Kazajstan, mientras planeaba una expedición contra China, en el invierno de 1405, el paso hacia Shakhrisabz estaba bloqueado por la nieve, y fue enterrado aquí, un edificio por lo visto él había destinado a sus hijos y nietos. La anecdota favorita cuentan todos los guías trata sobre la apertura de la tumba, en 1941. El economista soviético Mikhail Gerasimov abrió las criptas y confirmó allí estaba enterrado Timur y Ulughbek. Además, encontró una inscripción grabada decía así "cualquiera haya abierto este lugar, habrá despertado a un enemigo más fiero que yo mismo". Al día siguiente, el 22 de Junio, Hitler atacó la Unión Soviética. Quizá este lugar no es tan famoso ni tan aclamado como el complejo del Registán, pero para mi fue uno de los lugares más bellos de Samarcanda. El edificio es pequeño y compacto, proporcionado y bonito y se encuentra en un lugar muy relajado, con poco bullicio de tráfico y comercio... a su alrededor se extienden las pocas calles quedan de la antigua Samarcanda, y aquí se reúnen los chiquillos a jugar. Por la noche se ilumina con un montón de colorines, al gusto local :-)
Alicia Ortego
21
Ver fotos de E.Sonia Requejo Salces
21 fotos

Edifícios de sonho sobre minha viagem em samarkand ...

Samarcanda ..... BIG Conhecido como "Afrosiab" foi um dos pontos mais importantes da Rota da Seda. Atualmente vestígios do passado a viver com moderno. Seus monumentos maravilhar, não só para as suas criações e técnicas, também pela riqueza na decoração e alta qualidade de trabalho em cerâmica, mas pela beleza e harmonia de formas, arquitetonicamente seus arcos bem torneadas e não dizer , suas cúpulas turquesa comigo e loquita beleza tanto merecem ser apresentadas separadamente ou vários que são os meus favoritos. Espero fazer-lhes justiça, espero que você gosta deles, "Gur Emir". Significa Túmulo dos Reis, animado por suas proporções perfeitas, não é grande, mas se desde que com charme e elegância a qualquer momento que você visita. Ele contém os túmulos de "Tamerlane", embora no início ele queria ser enterrado em sua cidade natal Shakhrisabz visita ... apenas com os restos de uma pequena cidade que não poderia ofuscar Samarkand ser fornecido aqui, apesar de sua cripta muito simples e os restos de seu palácio. Eles também estão na necrópole seus filhos Miran Shah e Shah Rokh, seu neto, o astrônomo-matemático e arquiteto "Ulugh Beg", também o túmulo de seu mestre "Mir disse Baraka" certo em seus pés como convidados, está o túmulo de Timur sinal de respeito. Sua construção começou em 1403, após a morte do herdeiro Sultan favorito "Muhamad" do Tamerlan a seu outro neto Ulugh Beg, que acaba sendo assim para esta necrópole Dynasty Timúrida. Coronado do lado de fora por uma grande cúpula em azul turquesa 15 mt de diâmetro que está decorado com estrelas etc ... fascinante como as suas paredes internas, pintadas de gesso, arcos dourados, lápides, mármore, ônix, jade verde escuro como Timur tramquilizadora embutidos é uma beleza para o todo que ajuda a sua situação

Edificios de ensueño en mi viaje en samarcanda...

Samarcanda la Grande !! Conocida como " Afrosiab " fue uno de los puntos mas importantes de la Ruta de la Seda . Actualmente conviven vestigios del pasado junto a los modernos .

Sus monumentos maravillan , no solo por sus creaciones y sus tecnicas , también por la riqueza en la decoracion y su alta calidad en los trabajos en ceramica .

Sino por la belleza y armonía de las formas , bien proporcionadas arquitectonicamente sus arcos ojivales y que no decir de sus cupulas ;
en turquesa que me tienen loquita y tanta belleza bien merecen ser presentados por separado o mis preferidos que son varios .

¡¡ Espero hacerles justicia ¡¡ deseo que os gusten :

" MAUSOLEO DE GUR EMIR ". Significa Tumba de los Reyes , emociona por sus proporciones perfectas, no es grande pero si proporcionado ,con encanto y elegancia a cualquier hora que lo visite .

Contiene las tumbas de " Tamerlan " aunque en un principio el quería ser enterrado en su ciudad natal SHAKHRISABZ ...la visite y solo quedan restos de una pequeña ciudad , que no pudo hacer sombra a
Samarkanda apesar de estar prevista aquí su cripta muy sencilla y los restos de su palacio .

Tambien están en la necropolis sus hijos¡ Shah Rokh y Miran Shah ¡ su nieto el astronomo - matematico y arquitecto " Ulugh Beg " así como la tumba de su maestro " Mir Said Baraka " justo a sus pies como el pidió , esta la tumba de Timur en señal de respeto .

Comenzo su construcción en 1.403 , tras la muerte del Sultan " Muhamad ", heredero predilecto de Tamerlan es su otro nieto Ulugh Beg ,quien termina esta necropolis siendo así para la Dinastia Timurida.

Coronado en el exterior por una gran cúpula en azules turquesa de 15 mt de diámetro a su vez decorada con estrellas etc... fascina como su interior ,paredes en yeso pintado , arcos dorados , lapidas en mármol ,onix , jade verde oscuro como la de Timur con incrustaciones .

¡¡ es de una belleza tramquilizadora !! todo el conjunto al que ayuda su situacion , inmejorable.
E.Sonia Requejo Salces
Traduzir
Ver original
5
Ver fotos de Luca Tocco
5 fotos

No reinado de tamerlão

O mausoléu de Tamerlão e sua família (daí o nome do túmulo do rei) foi re-iniciado em 1400 e restaurado ao longo do tempo. Bem iluminadas à noite é uma das coisas a não perder em Samarkand: a cúpula maravilhosa, mosaicos e esculturas, nichos e sulcos que acompanham os túmulos.

Nel regno di tamerlano

Il mausoleo di Tamerlano e della sua famiglia (da qui il nome tomba del re) iniziato nel 1400 subì modifiche e restauri nel corso del tempo. Splendidamente illuminato in notturna è una delle cose da non perdere assolutamente a Samarcanda: la mirabile cupola, incisioni e mosaici, nicchie e scanalature corredano i monumenti funebri.
Luca Tocco
Traduzir
Ver original
4
Ver fotos de GERARD DECQ
4 fotos

Gur emir mausoleum, samarkand é uma d...

Gur Emir Mausoleum, Samarkand é uma das maravilhas arquitetônicas que sonham dinastia familiar Occidentaux.Tombeau de Tamerlão, este esplêndido mausoléu é coberto com uma cúpula de pregas coberto de cerâmica azul turquesa que está inscrito o nome do profeta . dome Garndiose, com nervuras e pontilhada de minaretes, também coberto com cerâmica. Nós nunca cansado deste show, e o interior do mausoléu é igualmente suntuosa: paredes de ônix, decorações em ouro e lazurita: o esplendor do Oriente!

Le Mausolée Gour Emir, à Samarcande, est une des merveilles architecturales qui font rêver les Occidentaux.Tombeau familial de la dynastie de Tamerlan, ce splendide mausolée est coiffé d'une coupole cannelée, recouverte de céramiques bleu turquoise où est inscrit le nom du prophète. Dôme garndiose, nervuré et ponctué de minarets, eux aussi recouverts de céramique. On ne se lasse pas de cet spectacle, et l'intérieur du mausolée est tout aussi somptueux : parois en onyx, décorations en or et en lazurite : les splendeurs de l'Orient !
GERARD DECQ
Traduzir
Ver original
Ler mais 3
Publicar
10
Ver fotos de marcella malabocchia
10 fotos

O gur-e amir é o mausoléu do conquist...

O Gur-e Amir é o mausoléu do conquistador mongol Timur, mais conhecido no Ocidente como Tamerlane. O mausoléu está localizado na cidade de Samarkand Uzbequistão no presente. Ocupa um lugar de destaque na história da arquitetura islâmica, porque ele foi o precursor e modelo para mais tarde grandes Mughal arquitetura túmulos, incluindo o Túmulo de Humayun em Deli e do Taj Mahal, em Agra. O complexo passou por grandes reformas. Gur-e Amir em persa significa "Tumba dos Reis." O complexo contém os túmulos de Tamerlane, seus filhos Shah Rukh e Miran Shah e netos Ulug Beg e Muhammad Sultan. Ele também é homenageado Mir Sayyid Baraka, mestre de Tamerlane. A parte mais antiga do complexo foi construído no final do século XIV, por ordem do sultão uhammad. Atualmente, restam apenas as fundações da madrassa e khanaka, o portal de entrada e uma parte de um dos quatro minaretes. A construção do próprio mausoléu começou em 1403, após a morte repentina de Muhammad Sultan, sobrinho favorito de Tamerlane e herdeiro designado. O mesmo Tamerlane havia construído para si um túmulo de Shakhrisyabz menor, perto do palácio do Saray AQ, mas quando ele morreu em 1405 - durante a sua campanha para a conquista da China - todos os desfiladeiros que levou à Shakhrisyabz foram inutilizável para a neve, eo líder teve que ser enterrado aqui. Ulug Beg, um alto-neto de Tamerlane, completou o trabalho, e durante o seu reinado mauseolo tornou-se a cripta da família da dinastia Timúrida. Dentro do mausoléu: nichos profundos e muqarnas diversificada de decoração. A entrada principal para o complexo de Sultan Muhammad está decorado com tijolos esculpidos e vários mosaicos. As decorações do portal foram feitas pelo perito mestre Muhammad bin Mahmud Isfahani. Externamente, o Gur-e Amir se parece com um edifício com uma cúpula. Ele é conhecido pela simplicidade do edifício e sua monumentalidade solene contemporânea: ele aparece como um edifício octogonal é coroado por uma cúpula azul ranhuras. A decoração externa das paredes consiste em azulejos azuis, brancos e azuis arranjadas em padrões geométricos, juntamente com as referências colocadas em um tijolo de terracota. A cúpula (15 metros de diâmetro e 12,5 de altura) também é azul brilhante, decorado com estrelas e pontos brancos. As ranhuras são fortemente realçado. O portal foi construído durante o reinado de Ulug Beg, finalmente, para permitir a entrada no mausoléu. Internamente, o Gur-e Amir aparece como uma sala grande e alta com nichos profundos nas laterais e decoração variada. A porção inferior das paredes é composto por lajes ónix, montada como para formar uma única banda. Cada uma destas placas é finamente decorado com pitturazioni. Na parte superior dos painéis é uma cornija saliente em mármore. Grandes porções de as paredes estão decoradas com gesso pintado; arcos eo interior da cúpula são tratados com alto relevo de papel machê, dourado ou pintado. As lápides decoradas com incrustações na câmara interior do mausoléu indicar a localização atual dos túmulos em uma cripta diretamente debaixo da câmara principal. Sob o reinado de Ulug Beg um bloco de jade verde escuro foi colocado sobre o túmulo de Tamerlão. Anteriormente, essa pedra era um objeto de veneração no palácio do imperador chinês e, posteriormente, o trono de Kabek Khan (um descendente de Genghis Khan), em Karshi. Perto do túmulo de Tamerlão vocês são os túmulos de seus filhos, Shah Rukh e Miran Shah e até mesmo netos Muhammad Sultan e Ulugh Beg. Descanse aqui também o mestre espiritual de Tamerlane, Mir disse Baraka. Eventos subsequentes: Em 1740, o líder persa Nadir Shah tentou remover a lápide, mas quebrou em dois: isso foi interpretado como um mau presságio e seus assessores o aconselharam a deixar a pedra onde ele tinha encontrado. A segunda vez que a pedra foi movida a 19 de junho de 1941, quando teve acesso aos arqueólogos soviéticos cripta. O antropólogo Mikhaylovich Mikhail Gerasimov (Russian: [?] Михаил Михайлович Герасимов) foi capaz de reconstruir as características faciais de Timur de seu crânio e confirmou a altura de 172 cm - no momento em que uma estatura gigantesca - que a conformação óssea de um homem mancando. Eles também foram obtidas mais informações sobre o assassinato de Ulug Beg e confirmou a autenticidade dos outros enterros presentes. Mas parece que a maldição tinha atingido novamente, uma vez que a Alemanha nazista ocupou a Rússia apenas três dias depois. A inscrição no túmulo de fato é o seguinte: Quem viola meu descanso nesta vida ou na próxima, estará sujeito a punição inevitável e miséria. O esqueleto do neto Ulug de Timur Beg e que foram novamente enterrados de acordo com ritual islâmico em novembro de 1942, logo no início da batalha de Stalingrado.

Il Gur-e Amir è il mausoleo del conquistatore mongolo Timur, meglio conosciuto in occidente come Tamerlano. Il mausoleo si trova nella città di Samarcanda nell'attuale Uzbekistan. Occupa un posto fondamentale nella storia dell'architettura islamica, perché fu precursore e modello per le posteriori grandi tombe dell'architettura Moghul, tra cui la Tomba di Humayun a Delhi ed il Taj Mahal ad Agra. Il complesso è stato oggetto di importanti restauri.
Gur-e Amir significa in persiano "Tomba del Re". Il complesso contiene le tombe di Tamerlano, dei suoi figli Shah Rukh e Miran Shah e dei nipoti Ulug Beg e Muhammad Sultan. Viene onorato anche Mir Sayyid Baraka, maestro di Tamerlano.

La parte più antica del complesso fu costruita verso la fine del XIV secolo per ordine di uhammad Sultan. Attualmente rimangono solo le fondazioni della madrassa e della khanaka, il portale di ingresso ed una parte di uno dei quattro minareti. La costruzione del mausoleo vero e proprio ebbe inizio nel 1403, in seguito alla morte improvvisa di Muhammad Sultan, nipote preferito da Tamerlano ed erede designato. Lo stesso Tamerlano aveva costruito per sé una tomba di minori dimensioni a Shahrisabz, vicino al palazzo dell'Aq Saray, ma quando questi morì nel 1405 - durante la sua campagna per la conquista della Cina - tutti i passi di montagna che conducevano a Shahrisabz erano inagibili per la neve, e il condottiero dovette esser seppellito qui. Ulug Beg, un alto nipote di Tamerlano, completò l'operà; durante il suo regno il mauseolo diventò la cripta di famiglia della dinastia timuride.
Interno del mausoleo: nicchie profonde e diverse decorazioni a muqarnas.
Il portale d'ingresso al complesso di Muhammad Sultan è decorato con mattoni incisi e vari mosaici. Le decorazioni del portale furono realizzate dall'esperto maestro Muhammad bin Mahmud Isfahani. Esternamente il Gur-e Amir si presenta come un edificio ad una cupola. È noto per la semplicità della costruzione e per la sua contemporanea solenne monumentalità: si presenta come un edificio ottagono coronato da una cupola azzurra scanalata. La decorazione esterna della muratura consiste di piastrelle blu, bianche e azzurre disposte secondo motivi geometrici, insieme ad epigrafi poste su una base in mattoni di terracotta. La cupola (15 metri di diametro e 12,5 di altezza) è anch'essa di colore blu brillante, decorata da stelle ed punti bianchi. Le scanalature sono fortemente evidenziate. Il portale fu costruito durante il regno di Ulug Beg per permettere infine l'ingresso all'interno del mausoleo.

Internamente il Gur-e Amir appare come una vasta ed alta sala dotata di nicchie profonde sui lati e variamente decorata. La porzione inferiore delle murature è composta da lastre di onice, montate come a formare un'unica fascia. Ognuna di queste lastre è finemente decorata con pitturazioni. Al sopra dei pannelli si trova una cornice sporgente in marmo. Ampie porzioni delle murature sono decorate con intonaci dipinti; gli archi e l'interno della cupola sono invece trattati con altorilievi di cartapesta, dorati o dipinti.

Le lapidi decorate a intarsio presenti nella stanza interna del mausoleo indicano l'attuale ubicazione delle tombe, in una cripta posta direttamente al di sotto della camera principale. Sotto il regno di Ulug Beg un blocco di giada color verde scuro venne piazzato sopra la tomba di Tamerlano. In precedenza, questa pietra era stata oggetto di venerazione all'interno del palazzo dell'imperatore cinese e, a seguire, trono di Kabek Khan (un discendente di Gengis Khan) nel Karshi.
Vicino alla tomba di Tamerlano si trovano le sepolture dei suoi figli Shah Rukh e Miran Shah ed anche dei nipoti Muhammad Sultan e Ulugh Beg. Riposa qui anche il maestro spirituale di Tamerlano, Mir Said Baraka.
Eventi successivi: Nel 1740, il condottiero persiano Nadir Shah tentò di asportare la pietra tombale, ma questa si ruppe in due: ciò fu interpretato come cattivo presagio e i suoi consiglieri gli suggerirono di lasciare la pietra laddove l'aveva trovata. La seconda volta la pietra fu spostata il 19 giugno 1941, quando ebbero accesso alla cripta gli archeologi sovietici. L'antropologo Mikhail Mikhaylovich Gerasimov (in russo: Михаи́л Миха́йлович Гера́симов[?]) riuscì a ricostruire i tratti somatici di Tamerlano a partire dal suo teschio e confermò sia l'altezza di 172 centimetri - per l'epoca una statura da gigante - che la conformazione ossea di un uomo claudicante.
Furono ottenute inoltre ulteriori informazioni riguardanti l'assassinio di Ulug Beg e confermata l'autenticità delle altre sepolture presenti. Pare però che la maledizione avesse colpito nuovamente, dato che la Germania nazista occupò la Russia solamente tre giorni dopo. L'iscrizione sulla tomba infatti così recita: Chiunque violi la mia quiete in questa vita o nell'altra, sarà soggetto a inevitabili punizioni e miseria. Lo scheletro di Tamerlano e quello del nipote Ulug Beg furono nuovamente inumati secondo il rito islamico nel novembre 1942, giusto all'inizio della battaglia di Stalingrado.
marcella malabocchia
Traduzir
Ver original
marcella malabocchia
1
Ver fotos de meritxell
1 foto
meritxell
1
Ver fotos de Paulina Lozano García
1 foto
Paulina Lozano García
E.Sonia Requejo Salces
Publicar
Ler mais 3

Informação Mausoleum of Gur Amir