Baixe o app minube
E aproveite as suas viagens
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Compartilhar
Você curte Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

info
guardar
Guardado

60 opiniões sobre Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

12
Ver fotos de Evelyn Araripe
12 fotos

Portão de entrada para o parque nacional dos lençóis maranhenses

De um simples vilarejo de pescadores ao portão de entrada de um dos principais cartões postais do Brasil, os Lençóis Maranhenses. Assim se pode definir a cidade de Barreirinhas, no Maranhão, a 260 km da capital, São Luís. Todos os meses milhares de turistas de todos os cantos do planeta chegam aqui para conhecer o imenso parque com infinitas dunas e lagoas de cores cristalinas que dão o apelido para a região de “saara brasileiro”.

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses tem 155 mil hectares, o mesmo tamanho da cidade de São Paulo. As lagoas de todos os tamanhos, profundidades e cores que se formam entre dunas gigantes são um verdadeiro milagre da natureza. Poucos sabem explicar, por exemplo, como peixes chegam a estas águas que secam todos os anos e ressurgem no período de chuvas.

Dentro do Parque Nacional apenas algumas casinhas de pescadores prestam suporte para os turistas, por isso Barreirinhas foi quem ganhou a fama de portão de entrada dos Lençóis, mesmo estando a algumas dezenas de quilômetros distante do parque. É aqui que está a maioria dos hotéis, pousadas e restaurantes e as agências de turismo e receptivo que levam aos passeios dentro dos Lençóis. Para visita-los, somente acompanhado de guias autorizados e o acesso só é possível em veículos com tração nas quatro rodas ou de barco pelo rio Preguiças.
Evelyn Araripe
10
Ver fotos de Manoel Moraes
10 fotos

Travessia de atins a santo amaro do maranhão

Para conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses de verdade, a melhor maneira é fazer a travessia. Saindo do Canto do Atins e impulsionados pelo vento constante que molda as dunas, seguimos para nosso destino em Santo Amaro do Maranhão. Nosso grupo de nove pessoas, todos experientes trekkers, navegou pelo interior do parque e suas dunas com o auxílio de um GPS.

Nosso objetivo era atravessar o parque em 4 dias, acampando por 3 noites dentro do parque. Nosso caminho passou por dois dos maiores oásis do parque, Baixa grande e Queimada dos Britos. Nesses oásis, há famílias de nativos que sobrevivem da pesca e criação de animais, além de receber os aventureiros que atravessam o parque com refeições fartas e uma ótima conversa.

Ao andar pelas dunas e atravessar as lagoas pudemos experimentar uma sensação de isolamento total. O lugar é surreal e maravilhoso, tínhamos 360 graus de horizonte, uma paisagem de dunas esculpidas pelos ventos e lagoas coloridas, que conforme a luz variavam de um azul turquesa a verde esmeralda. Andamos em média 22 km por dia, sempre parando para nos refrescar nas lagoas quando o calor ficava mais intenso.

Foram 4 dias caminhando em um outro mundo, vencendo as dificuldades de se caminhar com mochilas pesadas na areia, em um ambiente onde não há sombras nem referenciais. Por isso o GPS foi essencial. Tínhamos as coordenadas GPS dos oásis e do nosso destino final e navegamos entre as duas e lagoas conforme o terreno permitiu.

Recomendo aos brasileiros que façam essa travessia, se quiserem realmente conhecer os Lençóis Maranhenses. Encontramos outros aventureiros nos oásis que passamos, mas todos eram europeus, principalmente franceses. Ainda são raros os brasileiros que fazem a travessia. Coragem! Chegamos em Santo Amaro do Maranhão completamente transformados, realizados e felizes. Uma viagem inesquecível.
Manoel Moraes
6
Ver fotos de Renata Accioly
6 fotos

A magia dos lençóis maranhenses.

Se eu pudesse definir essa viagem em uma palavra, seria magia. Há muitas coisas para serem vista e vividas nos Lençóis, dentre elas escolhi as fotos que retratam a beleza natural e o artesanato local. O passeio mágico começa muito antes de se chegar ao Parque Nacional. Eu estava com uma equipe de fotógrafos para um workshop, saímos de Barreirinhas numa jardineira (4x4), atravessamos a balsa e percorremos uma trilha que durou uns 40 minutos (pura aventura!).

No caminho, o guia foi nos contando sobre a vegetação, os meios de subsistência dos moradores da região e os cuidados que deveríamos ter (principalmente caprichar no filtro solar e beber muita água). Chegando aos lençóis, a beleza natural nos emudeceu. Levei alguns minutos para recuperar o fôlego: aquela imensidão de areia branca e as lagoas cristalinas, o silêncio total, parecia que tínhamos chegado ao paraíso. Caminhamos durante umas 2 horas, tomamos banho nas lagoas e, claro, tiramos muitas fotos.

No final, assistimos ao pôr do sol e voltamos na jardineira para o centro de Barreirinha. Foi na volta que pude conhecer o artesanato local. Como ocorre um pequeno "congestionamento" na volta, e temos que ficar uns 20 minutos esperando nossa vez de pegar a balsa, os moradores da região montaram barraquinhas que vendem lanches (delícias locais, como tapioca e castanha-do-pará) e produtos feitos artesanalmente com fibras naturais. Sou apaixonada por artesanato, e os 20 minutos não foram suficientes para que eu escolhesse tudo que queria levar. Resultado? Quase perdi a balsa, e meus colegas tiveram que vir correndo me chamar.
Beleza natural e artesanato local: essas são as principais lembranças da minha ida aos Lençóis, e vale dizer que elas que ganharam um valor especial graças à simpatia e à generosidade dos maranhenses.
Renata Accioly
3
Ver fotos de Virlene Camargo
3 fotos

Lençóis maranhenses, experiencia única.

Minha experiência foi maravilhosa, pois o lugar é único.
O principal é escolher uma agencia de turismo que seja muito boa, para sair tudo conforme se planejou. Eu escolhi a Tropical Adventure, pois eles tem mais de 20 anos de experiência no mercado, são os pioneiros e certificados pelo INMETRO. Fiz um roteiro de 2 noites. Fiz o passeio do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses do dia todo, saímos as 8 horas , e só retornamos a Barreirinhas depois do por do sol. Almoçamos em casa de nativos, comida maravilhosa , tomamos banhos de lagoas, de sol e caminhamos muito. No dia seguinte fiz o passeio de quadriciclo que vai para Caburé eu fui pilotando seguindo um guia, o passeio é em grupo e nos juntamos com pessoas de vários lugares do mundo, e para não ficar muito cansativo voltamos de lancha fizemos o Farol do Mandacarú, Vassouras. A noite fui comprar nas lojas de artesanato, comer em um dos restaurantes da Beira Rio, a beira do Rio Preguiças. Fiz também o passeio de flutuação de Cardosa descendo o Rio Formiga em boias é lindo pois a agua é clarinha e a correnteza é calma. O contato com o nativo é muito presente e realmente é uma experiência única. Não deixem de conhecer esta maravilha da natureza que é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses !!! Vale muito a pena!!! caso queiram ir segue o site da agencia -' http://www.tropicaladventure.com.br' Eu sou Yasmin Santana e fiz a viagem com minha avó Virlene.
Virlene Camargo
Ler mais 10
Publicar
28
Ver fotos de Alexandre Braule P. B. Pereira
28 fotos

Paraíso, um verdadeiro deserto entre o mar e o rio preguiça.

O parque nacional dos Lençóis Maranhenses é uma área de proteção à natureza localizada na região nordeste do estado do Maranhão. Constituído de dunas e lagoas que na época das chuvas enchem e a partir do mês de julho ficam excelente para se tomar banho com suas águas doces azuis ou verdes transparentes, verdadeiras piscinas naturais. Uma aventura inesquecível, dentro do parque, as estradas e as trilhas são de areia, havendo a necessidade de uso obrigatório de veículos 4x4 e a contratação de guias. Tem o rio preguiça e o farol preguiça que proporcionam momentos inesquecíveis. As imagens falam mais que mil palavras.
Alexandre Braule P. B. Pereira
4
Ver fotos de Carla Nogueira
4 fotos

Verifique a época das chuvas antes de ir...

Barreirinhas é um povoado agitado a quase 300km de São Luis do Maranhão. Do aeroporto de São Luis há várias vans e micro ônibus que fazem esse percurso.
Apesar de sua fama mundial, a cidade, que é a porta de entrada aos Lençóis Maranhenses, é um pouco desorganizada e ainda está em fase de crescimento da infra estrutura para receber o turismo. Para os viajantes que gostam de lugares mais rústicos o local é ideal.
Todos os passeios devem ser realizados com guias, uma vez que os Lençóis ficam dentro de um Parque Estadual. Há várias agências na cidade que vendem os vários tipos de passeios: Grandes Lençóis - Lagoa Azul, do Peixe e Bonita, e Pequenos Lençóis: Caburé, entre outros.
Imperdível o passeio de quadriciclo até Caburé. Imperdível o pôr do sol...
Verifique a época das cheias antes de ir, pois a maioria das lagoas secam na época de poucas chuvas e as lagoas permanentes ficam rasas. Em maio de 2012, mesmo já sendo temporada das cheias, as lagoas estavam vazias. Mesmo assim o visual das dunas a perder de vista com o sol amarelo dourando as areias é maravilhoso!
Carla Nogueira
20
Ver fotos de Cleber De Assis Assis
20 fotos

Estive em são luis em junho de 2014 p...

Estive em SÃO LUIS em junho de 2014 para conhecer o famoso Parque Nacional dos Lençóis Maranhense , mas não imaginava o quanto é bonito este lugar, tanto que estou repetindo este ano de 2015.
O roteiro é descer em São Luis e ir direto para BARREIRINHAS que é uma das portas de entrada do parque e depois ir até ATINS que é uma pequena vila de pescador onde alguns empresários já descobriram o potencial turístico do lugar e melhoram toda infraestrutura .
Cleber De Assis Assis
5
Ver fotos de AventuraMango
5 fotos

Travessia incrível: deserto com lagoas

Muitos conhecem as "bordas" dos Lençóis Maranhenses, a partir de visitas às cidades próximas ao seu contorno, como Santo Amaro. Em setembro de 2011, resolvemos visitá-lo de uma forma mais completa, realizando, durante 3 dias, a travessia de suas imensas dunas intercaladas por lagoas. Saímos da localidade de Atins e seguimos até a localidade de Betânia, preferindo este sentido para ter o vento a favor e sempre descer as dunas pela crista. Os pernoites que fizemos ocorrem em habitações de nativos, extremamente simples, nos "oásis" de Baixa Grande e na Queimada dos Britos, todos já acostumados a oferecer este tipo de serviço. A travessia é mágica. Por muito tempo se tem a sensação de estarmos isolados do mundo, pois raramente se avista outras pessoas. Lagoas de azul belíssimo refrescam a qualquer instante que se queira parar. É altamente recomendado contratar um guia experiente para a condução no percurso.
AventuraMango

Caminhada por dentro do parque nacional dos lençóis maranhenses pode durar até seis dias

Alguns aventureiros que curtem longas caminhadas e muitos desafios vão adorar esse trajeto que dura de quatro a seis dias para ser finalizado. A caminhada pode começar nos extremos do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses: em Atins ou em Santo Amaro do Maranhão. Durante o trajeto os caminhantes sobem e descem dunas a todo o tempo, se refrescam em lagoas sem nome que despontam em todos os cantos do imenso mar de areia. Os pernoites são feitos em vilarejos de pescadores que abrem as suas casas, cedem redes e até prepararam alguns quartos para os que gostam de algum conforto. As refeições também são feitas nas casas dos pescadores e o contato com os moradores locais é uma das coisas mais especiais nessa jornada.
Evelyn Araripe
5
Ver fotos de Camila Coimbra
5 fotos

A viagem

Os Lençóis Maranhenses, no Maranhão, é um lugar que brinca com a sua ideia de tempo. Uma paisagem de mais de dez mil anos que respira, dá flores e frutos. As dunas, muito altas, produzem uma sombra generosa em trechos da caminhada. Atravessei os Lençóis por 8 dias, fotografando apenas em analógico. Conheci comunidades, vi uma infinidade de aves, bichos nas dunas, nas pedras, à beira da praia. Vi pescadores, tempestade, arco-íris, sol nascendo, muitos pássaros. Pessoas lindas. Gente simples que vai se virando conforme a chuva cai ou cessa. Verdadeiros contadores de história que completam a paisagem. Num certo ponto da caminhada, após dias, você tem a impressão de que não chegará nunca à outra ponta. E entende que mais importante que o destino, é a viagem.
Camila Coimbra
Publicar
Ler mais 10

Informação Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Contato de Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
+55 98 3349-1267
+55 98 3349-1267
Endereço de Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
Barreirinhas
Barreirinhas
Site de Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
http://www.parquelencois.com.br/
Ver mais