Baixe o app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Você curte Hand of the desert?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Hand of the desert

info
guardar
Guardado

3 opiniões sobre Hand of the desert

4
Ver fotos de Pablo Olivera
4 fotos

A mão do deserto

Impresionantever esta obra no meio do mais árido deserto do mundo, o Atacama, ao lado da estrada norte que é percorre o norte do Chile se encontra esta mão de quase 7 metros de altura e de concreto, feita por um artista chileno.
Belo trabalho que se torna um ícone da região
Pablo Olivera
7
Ver fotos de Chiara Basso
7 fotos

A mão do deserto

A mão do deserto, tão alto quanto um prédio de quatro andares, a menos de cem quilômetros ao sul de Antofagasta ao longo das Panamericana áridas que leva você diretamente da Patagônia ao México convidam ao descanso. É um alt peremptória, o que você atirou destaca-se no vazio da paisagem. Areia, pedras, sal e mão. O que ele quis dizer o escultor Irarrázabal que concebeu em 1992, não é clara. Eu duvido que um esteta pode ter queria convidar para uma parada em Antofagasta, uma das cidades mais horrível na América do Sul. A mão é aberta, uma saudação que não é um adeus .... talvez fosse uma simples mensagem de "atenção", lançado no final da ditadura ... Na verdade, a mão, ou "los dedos" como os locais chamam sobre o impacto visual, totalmente alienante, você merece conscientizar as pessoas sobre o silêncio do deserto ... É perto da mão, parque, e então você está sozinho no mundo ... Ao longo dos carros Panamericana e caminhões são tão raros que é atravessar um que quer confraternizar e convidar o motorista para tomar um café ou um bate-papo ... que não do jeito chegar ruídos, eo resto lá ... Há pássaros, você pode ver animais ... Somente alguns insetos que se move com dificuldade, à sombra de pedras ... A mão do deserto, pelo menos, propício à meditação ...

La mano del deserto

La mano del deserto, alta come un palazzo di quattro piani, a neanche un centinaio di chilometri a sud di Antofagasta, lungo l'arida Panamericana che dalla Patagonia ti porta dritto in Messico invita alla sosta. È un alt perentorio, quello che ti colpo si staglia nella vuotezza del paesaggio. Sabbia, pietre, sale e la mano. Cosa abbia voluto significare lo scultore Irarrazabal che la concepì nel 1992, non è chiaro. Dubito che un'esteta possa aver voluto invitare ad una sosta ad Antofagasta, una delle più nefande città del Sudamerica. La mano è aperta, in un saluto che non è un addio....magari si è trattato di un semplice messaggio di "attenzione", lanciato sul finire della dittatura...In realtà la mano, o "los dedos", come la chiamano i locali oltre all'impatto visivo, totalmente estraniante, hai merito di far prendere coscienza del silenzio del deserto...Ci si avvicina alla mano, si parcheggia, e poi si è soli al mondo...Lungo la Panamericana le automobili e i camion sono talmente rari che ad incrociarne uno si ha voglia di fraternizzare e di invitare il guidatore a un caffè o a una chiacchierata...da quella parte non giungono rumori, e il resto non c'è...Non ci sono uccelli, non si scorgono animali...Solo qualche insetto che avanza a fatica all'ombra dei sassi...La mano del deserto, quantomeno, invita alla meditazione...
Chiara Basso
Traduzir
Ver original
1
Ver fotos de Karito Rojas
1 foto
Karito Rojas
Traduzir
Ver original
Publicar