Baixe o app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Você curte Deserto de Atacama?
Compartilhe com todo mundo
Aonde você quer ir?

Deserto de Atacama

info
guardar
Guardado

39 opiniões sobre Deserto de Atacama

11
Ver fotos de Dariely Belke
11 fotos

Início do mundo

A sensação que eu tive ao pisar naquela terra árida do deserto foi como se eu estivesse no início da vida na Terra. O silêncio, a paz e a imensidão daquele lugar me fizeram perceber o quanto somos pequenos diante da natureza.

Foi como se eu estivesse feito uma viagem no tempo e dividido o mesmo espaço com dinossauros, parecia que a qualquer momento eu iria encontrar os primeiros seres vivos que surgiram no nosso planeta. Uma experiência única, num lugar que não existe outro igual na Terra.
Dariely Belke
14
Ver fotos de Sergio Bonagamba
14 fotos

Paisagens fantásticas!

O deserto do Atacama (Chile) e a reserva Andina Eduardo Avaroa (Bolívia) são bem próximas e complementares nas suas diversas paisagens. Desertos, geyseres, vulcões, lagoas verdes, vermelhas (laguna Colorada) mostram uma surpresa a cada metro rodado pelas pitorescas estradas de terra que chegam a 5.000 metros de altitude.
Sergio Bonagamba
3
Ver fotos de Antonio Trivelin
3 fotos

Geisers

Um dos maiores espetáculos naturais que já vi na vida... quando estive lá, saímos do hotel às 4h da manhã para pegar o nascer do sol. Era uma madrugada super gelada (no deserto, a temperatura à noite desce rápido), quando fui estava -14ºC !!!!!

E a água fervendo dos geisers com o frio, formava um espesso vapor e o sol nascendo ao fundo completava o espetáculo alucinante!!!!!!! De arrepiar !!!!!

Muitos guias levam para ver esse visual, mas cuidado, há alguns que fazem a visita no meio da manhã, que também é bacana, mas perdem esse fabuloso show.
Antonio Trivelin
3
Ver fotos de Kareen Terenzzo
3 fotos

Atacama, um lugar na bola azul

Se existe um lugar que prova a força da natureza, é o Atacama. Se existe um lugar que a gente pode pensar na terra da cor azul, é no Atacama.

Imagino que o Atacama seja lindo o ano inteiro, com sua beleza particular de deserto; um deserto na América do Sul. Mas penso que fui afortunada. Fui em outubro de um ano de inverno tão rigoroso que até havia nevado em San Pedro meses antes. Por conta dessa mudança climática, mesmo sendo primavera, pude ver seus vulcões majestosos cobertos ainda de neve, muitas aves, como os flamingos que tornaram as fotos poesia, tudo em contraste com um azul profundo e os tons degradês da terra do deserto do Atacama.
Kareen Terenzzo
Ler mais 10
Publicar
4
Ver fotos de Francisco Oliveira
4 fotos

Paraíso no deserto

O deserto do Atacama, no Chile, é um lugar surreal com maravilhas naturais únicas no mundo. Como é um deserto de altitude, a fauna, flora e formações naturais mudam a cada quilômetro percorrido, devido às diferenças de altitude.

Assim, é fácil encontrar muitos ecossistemas e paisagens diferentes no mesmo dia, de vulcões e lagos, planícies com desertos de sal. A cidade de São Pedro de Atacama é o vilarejo mais próximo das atrações turísticas e possui diversas opções de hotéis charmosos para casais, famílias ou turmas de amigos.
Francisco Oliveira
18
Ver fotos de Mariana Mine
18 fotos

San pedro de atacama

San "Perro" de Atacama é o apelido carinhoso que os moradores dessa cidadezinha simples, porém, extremamente encantadora, chamada San Pedro de Atacama, localizada em meio à Região de Antofagasta, Chile.

"Perro" porque a cada 10 habitantes deste pequeno vilarejo, 5 são cachorros, o que torna ela tão aconchegante e alegre. São cachorros dos comerciantes locais e moradores. E foi nesta pequena cidade, que minha primeira viagem sozinha, se iniciou.
Foram 14 dias de viagem e durante 7 dias essa cidade se tornou meu "lar", um local acolhedor, com pessoas acolhedoras, o local onde me senti muito segura.

Para se chegar a San Pedro de Atacama, tive que ir até Santiago, Chile, de onde peguei um vôo doméstico para Calama, a cidade mais próxima de San Pedro onde há um pequeno aeroporto. É possível, fazer este mesmo trajeto (Santiago- Calama) de ônibus, porém, são 23 horas de viagem, enquanto que de avião são apenas 2 horas. Do aeroporto de Calama até San Pedro é apenas uma hora de veículo, que pode ser por um empresa de transfer, táxi ou ônibus.
À primeira vista, o deserto já surpreende com sua imensidão de terra marrom e formações montanhosas ao redor, além do contraste do marrom com o céu azulado.

Sempre fui uma pessoa muito ligada à natureza e estar ali, numa região vulcânica, que deram origem a tantas paisagens incríveis, foi uma experiência única e inesquecível. Em San Pedro é possível ter a visão do vulcão Licancabur, adormecido há alguns anos, é o vulcão mais onipresente da região, com sua forma perfeita e tão charmosa.

Todos os passeios na região são feitos por empresa de turismo, o que corresponde por 50% dos locais comerciais desta cidade. São muitas opções, dos mais baratos aos mais caros e acabei optando por um meio termo, já que se tratava do meu primeiro mochilão sozinha e tentei ao máximo diminuir os imprevistos que poderiam surgir, rs. E que no final, quase não tive mesmo.

A Laguna Cejar foi a primeira região que visitei no deserto, é ali que fica a lagoa onde as pessoas mergulham e não afundam de jeito nenhum, por conta da salinidade da água, que é enorme. Não entrei na laguna, pois por se tratar de uma reserva natural, tinham que ser pagos 10.000 pesos chilenos, apenas para ficar meia hora na água. Foram os 10.000 pesos que inteiraram um outro passeio que fiz, o astronômico e que com certeza valeu mais a pena.

As Lagunas Altiplânicas foram minha segunda surpresa que aquele deserto me reservava. São incríveis, com um reflexo de outro mundo, um lugar a ser contemplado, em silêncio e apenas imaginando, quanto tempo se leva para a natureza se criar um lugar como aquele?!

Quando você começa a entender que aquele é um lugar especial, ele dá um jeito de te surpreender mais uma vez, foi quando cheguei a Valle de La Luna, um local que não sei porquê, mas não botava muita fé, até entrar em uns becos e de repente subir sobre um vale, que um dia já teve um rio passando ali e que deixou suas marcas em meio a formações rochosas, "salteadas de sal". Tão vasto, tão enorme, como tudo naquela região. Para fechar o passeio, vimos o pôr do sol, chamado de Valle de La Muerte, onde há a pedra do coyote, um point dos turistas e o local das fotos incríveis.

Fazer passeios no deserto, significa dormir cedo (pois tudo em San Pedro fecha meia noite, independente do dia) e acordar mais cedo ainda, rs. Os passeios sempre são em torno das 7h da manhã (horário que a van te busca no hostel), mas para visitar o famoso Geyser del Tatio, a van chega um pouco mais, por volta das 4h30 da manhã. É o dia que se sente mais sono e mais frio, pois nos Geysers a temperatura que eu peguei foi de -6ºC, tem épocas em que se pega menos ainda. O motivo de se acordar tão cedo para chegar lá, é por conta do pico das "explosões", que costumam ser bem cedo, antes das 9h da manhã.

É possível ver e ouvir diversas erupções do Geyser ao mesmo tempo, com suas águas calientes, que chegam a 70ºC. Conforme o dia amanhece as ebulições param e dão lugar a apenas fumarolas que saem a todo tempo dos buracos.

Um passeio que o deserto nos oferece a noite é o tour astronômico, onde te levam a um observatório que existe na região, com telescópios enormes, de onde é possível se observar Saturno. Foi uma experiência incrível, pois o céu estrelado do Deserto do Atacama é considerado um dos mais lindos do mundo e eu tenho que concordar, sei lá quando verei um céu como aquele. Onde é possível enxergar a olho nu a via Láctea tão perfeitamente?! Foi um passeio especial, definitivamente, foi onde aquele lugar me mostrou que somos um grão, diante do tamanho do universo, diante da natureza.

E para fechar a região do Atacama, por último conheci o Salar de Tara, um passeio que recomendo a todas as pessoas que visitarem a região. O Salar fica a 3.600m de altitude, sim, eu tive o Soroche, o mal de altitude que é comum acontecer quando se visita um local muito alto. Mas nada que um exercício de controle de respiração e uma folha de coca não resolvam.

O Salar de Tara fica quase na fronteira entre Chile e Bolívia e te proporciona paisagens incríveis, com formações rochosas mais incríveis ainda. Foi um dos passeios onde passei mais frio, pois no dia estava ventando muito, mas muito mesmo, e por estarmos a uma altitude elevada, o que já é normalmente frio, o vento fez com que a sensação térmica ficasse em torno de -10ºC. Mas as paisagens deste trajeto valem todo o frio, toda falta de ar e tontura que possa ter. Neste passeio fomos agraciados pela presença de uma raposa do deserto, que já havia visto em outros locais, mas de longe, e neste dia ela chegou tão perto que ficamos assustados, foi muito bacana.

E foi com a presença ilustre desta raposa que fechei meus passeios no Deserto do Atacama, no dia seguinte estava partindo para segunda parte de minha aventura, que tinha como destino o Salar do Uyuni, na Bolívia, mas deixo este relato para outro tópico.
Mariana Mine
1
Ver fotos de Luciana Gomes
1 foto

Atacama

Amo fotografar, porém, uma vez no deserto, a primeira necessidade de experimentação desse lugar não deu click! A busca inicial foi pela consciência e pelas traduções do que estava sendo vivido. O corpo, através de uma entrega dos meus sentidos (olfato, audição, tato, visão), foi afetada pelo Atacama (Chile). Após isso, só posso tentar descrever através dessa imagens em que (re)crio e afeto. Aqui eu me abandonei.
Luciana Gomes
14
Ver fotos de Monica Leal
14 fotos

Mágico e fascinante

É um lugar agreste, como todo deserto, mas cheio de encantos e cores para quem quer explorar lugares fantásticos.
Monica Leal
3
Ver fotos de Dani Salles
3 fotos

Das cores do deserto

A viagem foi maravilhosa, as cores, mais vivas do que nunca, me davam a sensação de enxergar "pinturas a mão" criadas pela própria natureza! Quase não encontro palavras para explicar, é tudo muito mágico por lá!
Dani Salles
1
Ver fotos de last
1 foto

Atacama desert

Parque,no meio do deserto de Atacama,que depois de um período de chuva, que são muito poucos na área, vem a vida cheia de uma infinidade de cores que florescem através da semente enterrada na terra que esperaram pacientemente pela água da chuva.
last
3
Ver fotos de Álvaro Antunes
3 fotos

O grande nada

Kilômetros a frente, nada atrás. A poeira e o ar e o chão, são nada. As montanhas, os rios invisíveis, o gelo do passado, o clima de infinito.
Álvaro Antunes
1
Ver fotos de Dario Bastos
1 foto

Espelho, espelho meu...

A riqueza da fauna e flora da região mais árida do planeta enche os olhos e quem conhece, mesmo que por poucos dias, sua vastidão.
Dario Bastos
6
Ver fotos de Victor Ubilla
6 fotos

Parece marte, mas não é!

Parece marte, mas não é!
Victor Ubilla
2
Ver fotos de Mara Santos
2 fotos

Viajando para o peru

Subir as Cordilheiras dos Andes foi uma experiência incrivel.
Mara Santos
3
Ver fotos de Sara Marques
3 fotos

Mesmo no deserto, a natureza nunca deixa nos sentirmos sós.

Mesmo no deserto, a natureza nunca deixa nos sentirmos sós.
Sara Marques
Publicar
Ler mais 10

Informação Deserto de Atacama