No o app você vê muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde você quer ir?
Você curte Amritsar?
Compartilhe com todo mundo
Recomendar um lugar
Entrar com Google +

Amritsar

+45
Amritsar Endereço
Salvar esse lugar
Guardado

8 opiniões sobre Amritsar

SerViajera

Amritsar, soul of the Sikhs

A medida que vou descendo para o sul desde a remota e desolada Ladakh, me encontro com cidades mais populosas. Se em Srinagar você leva 5 minutos para atravessar uma rua em Amritsar demora-se 20. Na capital do estado de Punjab vivem um pouco mais de 1 milhão de pessoas e o caos nas cidades da Índia cresce proporcionalmente ao número de habitantes que nela vivem. Suja, desarrumada, terrivelmente barulhenta, muito pobre, a cidade fundada pelos Sikhs é um desafio para os sentidos e emoções dos viajantes mais experientes. No entanto, em meio ao caos da cidade velha e labiríntica, Amritsar tem o seu paraíso: O templo dourado, maravilhoso templo de Ouro, onde os Sikhs se esquecem da poluição e desordem da cidade para render-se à serenidade da oração.

Ler mais
+14
J.r. Equis

Amritsar, a cidade espiritual Sij

Excelente

Logo depois de ter passados uns dias em Déli obrigatoriamente, também em Nova Déli, iniciei uma pequena viagem porque ainda tinha uns dias livres antes de ir ao meu próximo destino, onde ia trabalhar em uma ONG como voluntário no Himalaia Ocidental. Estudando um pouco as minhas possibilidades para não me desviar muito do meu próximo destino, decidi pegar o primeiro trem em direção a AMRITSAR, a cidade mágica e santa da religião Sijk, que é uma seita do hinduísmo, mas com certas e claras diferenças, são todos os indianos que usam turbante. Isto é, eu me dirigia à fronteira da Índia com o Paquistão. Ali está essa cidade, dentro dessa religião, e eu desejava ver o Templo de Ouro, com umas histórias e lendas super interessantes, é onde predomina a hospitalidade das pessoas, se você chega a esse lugar e quer sentir como realmente é o ambiente ou não tem dinheiro, você pode se dirigir a este templo. Aí há um albergue para 1.500 pessoas, totalmente organizado, em dormitórios para pequenos grupos, e mesmo que eu não tenha ficado, acho que os turistas têm uns dormitórios destinados exclusivamente a eles, para que o choque cultural com os indianos não seja tão forte, além disso, as mulheres dessa religião ficam cozinhando o dia todo para dividir a comida entre os que estão hospedados.

Ler mais
+14
Sophie & Yannick

+2
Ver original
Ana Rivas

+5
Ver original
Marie & Matt

Ver original
Francisco Moralejo Lorenzo

Ver original
Rizo

Ver original
Jon Ander

Ver original
Ver mais 3
Você já esteve aqui?
Compartilhe as suas fotos e opinião para ajudar outros viajantes a descobrirem